Celorico de Basto, Sociedade

Município de Celorico de Basto está a proceder à requalificação da rede viária do concelho

_DSC6008

Resultante da elevada dimensão da rede viária municipal, da antiguidade de bastantes arruamentos e do seu estado de degradação reforçado pelas fortes chuvadas neste ano, a Câmara Municipal de Celorico de Basto está a proceder a uma serie de intervenções na requalificação da rede de estradas do município numa extensão de quilómetros considerável.

“Este é um investimento muito importante pela necessidade de fazer reabilitação da rede viária para evitar a degradação e os problemas causados aos residentes e visitantes na circulação rodoviária, designadamente em termos de segurança e conforto. A necessidade de manutenção da rede viária municipal tornou-se ainda mais necessária face a densidade das chuvas que vieram a obrigar a uma intervenção mais aprofundada do que estava previsto há um ano atrás” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

De facto, a degradação das estradas e das chuvas intensas levou o município a articular um plano de intervenção para reabilitar as estradas criando as melhores condições para a circulação de pessoas e bens. “ Estamos a reabilitar cerca de 100 mil m2 de extensão num investimento que ultrapassa os 600 mil euros”. Joaquim Mota e Silva realçou também o investimento acrescido de cerca de 300 mil euros para a construção de muros nos locais de derrocadas originadas pelas condições meteorológicas sentidas durante o inverno. “São prejuízos avultados decorrentes das condições meteorológicos mas que têm de ser resolvidos”.

De acordo com o Município, estas intervenções nas estradas prolongam-se até setembro, havendo a perspetiva de que a maioria dos problemas da rede viária serão resolvidos e ainda serão construídas pequenas ligações de proximidade, para garantir uma rede viária de qualidade, que é o objetivo a que se propõe a autarquia celoricense.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *