Albergaria-a-Velha, Cultura, Destaque, Turismo

Branca, Albergaria-a-Velha, regressa aos tempos romanos com Festival “Talabrigae Ex Libris”

O Parque de Porto de Riba, em Soutelo, Branca, vai ser palco do primeiro Festival Romano “Talabrigae Ex Libris” nos dias 24, 25 e 26 de junho. O evento é organizado pela APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Albergaria-a-Velha e visa fomentar o gosto pela cultura clássica e valorizar o seu legado na sociedade atual. A entrada diária no recinto custa dois euros.

O tema central do Festival é o assalto à Aldeia Lusitana, onde os soldados romanos irão batalhar pela conquista de Talabriga. Ao longo dos três dias, os visitantes poderão conhecer o quotidiano do acampamento e a preparação para o ataque. Desde o recrutamento de homens até ao assalto final, passando pelas emboscadas e pela tomada de prisioneiros, o Festival vai apresentar várias recriações históricas, encenadas em diferentes horários durante o fim de semana.

Par além da campanha militar, o “Talabrigae Ex Libris” irá mostrar como os habitantes do Império Romano ocupavam os seus dias há dois mil anos. Estão previstas lutas de gladiadores, oferendas aos deuses, uma ida às termas, bem como demonstrações dos ofícios da época. O programa inclui ainda a apresentação de peças de teatro clássico. No sábado, 25, pelas 21h30, a tragédia “Rei Édipo”, de Sófocles, sobre ao palco. No domingo, pelas 19h00, é a vez da comédia “Anfitrião”, de Plauto. As duas peças são precedidas pelo desfile de bacantes “Do Caos ao Cosmos”.

O Festival Romano abre portas às 18h00 na sexta-feira e às 11h00, no fim de semana. A entrada custa dois euros e é gratuita para as crianças até aos dez anos. A receita servirá para apoiar as atividades da APPACDM.

O Festival “Talabrigae Ex Libris” conta com o apoio do Município de Albergaria-a-Velha, da Junta de Freguesia da Branca, da Universidade de Aveiro, do Turismo Centro de Portugal e do “Albergaria Integra’T” – Contrato Local de Desenvolvimento Social. As diversas recriações históricas e animação de rua serão dinamizadas pela Muda’te – Companhia de Artes Performativas da Jobra, pela AlbergAR-TE – associação cultural e pela Viv’Arte – Companhia de Teatro.

Talabriga é uma importante cidade romana, referenciada na literatura da época, como estando situada entre Douro e Vouga. Vários historiadores e arqueólogos, desde o início do século XX, têm situado a cidade na Freguesia da Branca, muito possivelmente na aldeia de Cristelo. Contudo, os vestígios de ocupação romana encontrados em escavações na década de 1980 foram inconclusivos. A localização de Talabriga permanece um mistério.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *