Destaque, Póvoa de Varzim, Sociedade

“Póvoa de Varzim, uma praia para todos”- época balnear arranca hoje

Póvoa de Varzim, uma praia para todos- época balnear arranca

Arranca hoje, 15 de junho, e termina a 15 de setembro, a época balnear 2016. A Póvoa de Varzim está preparada apresentando parâmetros de excelência, averbados pelas 8 praias com bandeiras azuis e 8 com bandeiras Qualidade Ouro.

“Esta é a minha praia! Póvoa de Varzim, uma praia para todos” é o mote que se impõe por diversos fatores de atratividade.

Tal como já referiu o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, “temos vindo a preparar a época balnear com um conjunto de novos investimentos para receber bem as pessoas”. Para além disso, “fomos fazendo o trabalho no sentido da nossa divulgação e os sinais que temos, a nível da nossa hotelaria, é que está completamente esgotada até ao final do mês de setembro”.

Neste sentido, transmitiu que “as expectativas são boas e estão reunidas as condições para termos um excelente Verão. Assim queira também o São Pedro dar-nos uma colaboração. O bom tempo é fundamental para a Póvoa porque há muitas pessoas que vão e vêm no mesmo dia”.

As oito zonas balneares com Bandeira Azul são: Barranha; Quião; Lagoa; Zona Urbana Norte; Zona Urbana Sul I; Zona Urbana Sul; Paimó e Fragosa.

Sobre a reposição da Bandeira Azul à Praia da Lagoa, Aires Pereira disse que já era expectável, salientando o facto de “termos toda a costa coberta com bandeiras azuis, muito significativo para quem nos visita e são galardões importantes para a Póvoa de Varzim, resultado de um trabalho que tem sido desenvolvido nos últimos anos”.

E como se não bastasse o galardão de bandeira azul, a Póvoa de Varzim congratula-se por ser ainda premiada com o símbolo de qualidade das praias atribuído pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza: a classificação “Praia com Qualidade de Ouro”.

Paimó, Quião, Codixeira, Estela-Barranha, Fragosa, Zona Urbana Norte, Zona Urbana Sul I e Zona Urbana Sul II são as praias do concelho da Póvoa de Varzim que poderão ostentar o galardão da qualidade ouro, atribuído anualmente pela organização ambientalista às praias com melhor qualidade da água.

As 8 praias, que se situam nas freguesias poveiras da Estela, Aguçadoura, Aver-o-Mar e na cidade da Póvoa de Varzim, estão integradas nas 382 zonas balneares em 100 municípios, entre território continental e insular, com qualidade ouro indicadas pela Quercus. A Póvoa de Varzim tem o privilégio de ser um destes concelhos distinguidos pela qualidade e excelência das suas praias.

O município da Póvoa de Varzim tem feito nos últimos anos um trabalho de requalificação da zona costeira e da sua oferta balnear, apostando acima de tudo na qualidade da água, do areal e de toda a área envolvente e de apoio aos frequentadores.

E para que tudo decorra com a habitual normalidade, a Autoridade Marítima Nacional(AMN) alerta todos os banhistas para que adotem uma postura de cumprimento das regras de segurança balnear, nomeadamente: frequentar praias vigiadas; não tomar banho em zonas de enrocamento e pontões; garantir um intervalo de três horas, após uma refeição normal, antes de ir a banhos; e respeitar escrupulosamente as indicações dos nadadores-salvadores. Estas regras são essenciais para que a época balnear decorra em segurança.

Para que haja uma ampliação da cultura de segurança, convidam-se todos os banhistas a visitarem a página da AMN, e a participarem nas campanhas de sensibilização que o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) está a desenvolver durante a época balnear em diversas praias do país.

Fruto da adaptação aos regulamentos comunitários, em 2014 e 2015 foi legislado, entre outros aspetos, no sentido de profissionalizar a atividade dos Nadadores Salvadores e de a estender a piscinas de uso público. Estas alterações tiveram um impacto significativo nas relações entre Nadadores Salvadores e os Concessionários, que se refletem, pela primeira vez, nesta época balnear. Para ultrapassar as atuais dificuldades, a AMN propôs ao Governo alterações à Portaria n.º 311/2015 de 28 de setembro, visando uma melhor eficácia no sistema de assistência balnear, adaptando-o às reais necessidades do país.

Paralelamente, as Capitanias dos Portos de todo o país estão disponíveis para, em caso dificuldade por parte dos concessionários de praias em garantir a presença de nadadores-salvadores certificados na sua concessão, auxiliarem nessa procura, a partir da base de dados do ISN sobre nadadores-salvadores certificados. Para o efeito, basta que os concessionários de praias se dirijam às repartições marítimas da respetiva área de jurisdição, solicitando que as suas necessidades de nadadores-salvadores sejam difundidas junto da comunidade registada e certificada. Esta medida visa contribuir para que, tanto os concessionários garantam a assistência a banhistas na sua área, como os nadadores-salvadores ainda disponíveis, tenham uma praia para desempenhar funções durante o verão.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *