Albergaria-a-Velha, Sociedade

Albergaria em Flor tornou a cidade mais colorida e alegre

0003DE5D1A505E

A cidade de Albergaria-a-Velha permanece colorida e enfeitada com flores, agora que terminou o projeto comunitário “Albergaria em Flor – Unidos criamos valor”. No fim de semana do Festival Pão de Portugal o júri escolheu as ruas mais floridas e que cumpriram um dos critérios do projeto, a envolvência comunitária.

“Foi uma tarefa muito difícil e pode até ser vista como algo injusta, mas tivemos que escolher as ruas que melhor cumpriram os objetivos de embelezamento e de envolvimento entre vizinhos”, referiu António Loureiro. Apesar das dificuldades inerentes a um projeto que se realiza pela primeira vez, o Autarca Albergariense faz um balanço muito positivo do “Albergaria em Flor”. “Houve ruas que tinham determinado número de inscrições, mas o júri verificou que afinal estavam muito mais casas enfeitadas além das que estavam inscritas, houve um efeito de contágio”, revelou António Loureiro.

O primeiro prémio acabou por ser atribuído a três ruas: Rua 1.º de Dezembro, Rua da Ameixoeira e Rua Dr. Castro Matoso. O segundo prémio foi atribuído ao Largo 1.º de Dezembro, Rua 1.º de Maio, Rua do Hospital e Rua José Nunes Alves. Em terceiro lugar ficou o Bairro das Lameirinhas, Praça Fernando Pessoa, Rua 25 de Abril, Rua do Vale, Rua Professor Egas Moniz e Rua Serpa Pinto. Foram ainda atribuídas menções honrosas ao Largo da Misericórdia, Rua Fernando Pessoa e Rua Patrício Luís Ferreira. Os prémios foram anunciados ontem numa cerimónia que decorreu na Biblioteca Municipal. Apesar dos critérios de diferenciação estarem bem definidos verificou-se que as pontuações ficaram todas muito próximas.

“Ficámos muito surpreendidos com a adesão das pessoas ao ‘Albergaria em Flor’ e também com a competitividade entre ruas. Mas o mais importante é que os resultados são francamente positivos, a cidade está mais bonita e isso deve-se ao envolvimento das pessoas numa causa comum”, afirmou António Loureiro.

A Vereadora de Ação Social afirmou que os prémios atribuídos são simbólicos: “é muito mais importante o diploma de participação, que vai ser entregue a todos os inscritos”. Catarina Mendes destacou que “é possível tornar a cidade mais bonita e alegre e, com mais ou menos organização, mobilizar as pessoas para causas comuns, como a melhoria dos espaços públicos”.

O projeto “Albergaria em Flor – Unidos criamos valor” registou 1115 inscrições, o equivalente a 83 ruas do centro urbano de Albergaria-a-Velha. Além dos moradores, participaram também mais de duas centenas de comerciantes, instituições particulares de solidariedade social (IPSS), agrupamentos de escuteiros, grupos Cáritas paroquiais, coletividades, estabelecimentos de ensino e uma associação de moradores. Cada inscrição teve direito a duas petúnias e um saco de substrato de cinco litros.

Os prémio consistem em visitas à Rota dos Moinhos, bilhetes para sessões de cinema e espetáculos dinamizados pela Autarquia, no Cineteatro Alba. O “Albergaria em Flor” é promovido pela Câmara Municipal, conta com a parceria da Prave – Associação para a Promoção de Albergaria-a-Velha, da Junta de Freguesia de Albergaria-a-Velha e Valmaior, da Evadream – Florir Portugal e do Banco Local de Voluntariado. Colaboram ainda na iniciativa as administrações de condomínio do centro da cidade e a Associação de Moradores do Bairro das Lameirinhas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *