Alcoutim, Cultura

Alcoutim recebe concerto de difusão do 66º Troféu Mundial de Acordeão

Difusão mundial de acordeão

O Espaço Guadiana, em Alcoutim, vai acolher no dia 18 de junho, pelas 22h00, um concerto de acordeões pela Orquestra de Acordeões da Academia de Música de Lagos, sob a direção artística do conceituado músico Gonçalo Pescada. O espetáculo tem entrada gratuita e realiza-se no âmbito da difusão do 66º Troféu Mundial de Acordeão que decorrerá no Algarve, entre 26 de setembro e 1 de outubro.

José Dias (Vice-Campeão Mundial 2012), Francisco Monteiro (Finalista Portugal Got Talent 2015), Luís Mira (1º Prémio Concurso João César), Sergio Gladkyy (2º Prémio Troféu Mundial 2015) e Maxim Nedobeshkin (5º Prémio Troféu Mundial 2015) serão alguns dos músicos presentes neste concerto onde o acordeão terá o destaque.

Gonçalo Pescada iniciou os estudos musicais aos 8 anos no Algarve, tendo posteriormente continuado a sua formação em Lisboa (Instituto Musical Vitorino Matono), Castelo Branco (Escola Superior de Artes Aplicadas) e França (Centre National et International de Musique et Accordéon), sendo o primeiro algarvio doutorado em Acordeão. Entre outros, obteve os primeiros prémios em importantes concursos (Alcobaça, Montese / Itália e Estoril). Gonçalo Pescada viu a sua carreira tomar um rumo internacional, realizando recitais em Espanha, França, Reino Unido, Alemanha, Itália, Bulgária e Rússia. Tem gravado a solo, em música de câmara e com orquestra, para rádios e televisões, destacando-se a RDP Antena 2, a RTP e a Rádio e Televisão Nacional Búlgara.

Com início em 1950, o Troféu Mundial de Acordeão da Confederação Mundial do Acordeão assinala em 2016 a sua 66.ª edição. Ao longo de 65 anos passou por diversos países, como Suiça (2015), Lituânia (2014), Russia (2013), EUA (2012), Itália (2011), Espanha (2010), numa mostra de interesse de todo o mundo por um dos eventos mais importantes do acordeão a nível mundial. Nesta edição cabe ao Algarve a honra de acolher este importante evento que terá organização a cargo da Academia de Música de Lagos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *