Cultura, Destaque, Portimão, Sociedade, Turismo

Portimão celebra e reinventa os Santos Populares com Marchas, Arraiais, Bailes, Sardinha Assada e Saltos à Fogueira

CARTAZ-Marchas e Santos populares _2016

O mês de junho é mês de Santos Populares e Portimão mantém e reinventa a tradição, preparando-se para viver 18 dias de grande animação com o desfile das Marchas Populares em quatros locais do concelho, com os Arraiais e Bailes na Antiga Lota e com a II edição dos Santos Populares no Centro Histórico da cidade.

As Marchas Populares voltam a sair à rua nas três freguesias do município e este ano regressam à Praia da Rocha (Exterior da Fortaleza de Santa Catarina) para o tradicional desfile, que este ano contam a participação de quatro coletividades do município, o Sporting Glória Ou Morte Portimonense, o Clube de Instrução e Recreio Mexilhoeirense, a Sociedade Recreativa Figueirense e a Marcha da vila de Alvor. O desfile contará também com três marchas convidadas, o Centro Comunitário Duna–CASLAS – Meia Praia de Lagos, a Marcha da Associação Grupo Amigos da Pedreira de Silves e a Marcha do Clube de Futebol “Os Estembarenses”.

As noites prometem ser animadas e marcadas pela música e dança ao ritmo das canções populares. O primeiro desfile terá lugar na Zona Ribeirinha de Portimão a 10 de junho, enquanto no dia 17 os marchantes vão desfilar no Adro da Igreja da Mexilhoeira Grande. No dia 18 de junho o desfile chegará à Zona Ribeirinha de Alvor, culminando esta grande festa popular com o desfile final no dia 24, na Praia da Rocha, mais precisamente no exterior da Fortaleza de Santa Catarina, sendo de referir que todos os desfiles começarão às 22h00.

A edição deste ano das Marchas Populares de Portimão reunirá cerca de 400 participantes, entre marchantes, coreógrafos e figurinistas, que darão largas à imaginação e ao espírito popular, evocando vários temas ligados ao património sociocultural e às tradições do Algarve.

De referir que no dia 12 de junho faz-se história sob o mote da sardinha com a ida de cerca de 64 marchantes portimonenses a Lisboa para desfilar como marcha convidada – Marcha Popular de Portimão naquele que é um dos maiores eventos da capital, o desfile das Marchas Populares na Avenida da Liberdade e perante milhares de pessoas (www.festasdelisboa.com). O desfile tem início às 21h00 e é de entrada livre.

Manda a tradição que nas noites do mês de junho, pelas celebrações dos Santos Populares, Santo António, São João e São Pedro, se salte a fogueira e que se dance pelos recantos e ruas da cidade. A animação organizada pelas Associações e Coletividades locais procuram partilhar a vivência do espaço público com todos os visitantes e turistas que acorrem à cidade para viverem esta festa. Neste sentido, o Sporting Glória ou Morte Portimonense realizará os tradicionais Arraiais e Bailes na antiga Lota de Portimão, nos sábados de 11, 18 e 25 de junho, a partir das 22h00, com direito a sardinha assada e muita música.

Este ano a Zona histórica de Portimão será palco da II edição dos Santos Populares de Portimão que reinventa e celebra uma grande festa na Rua Nova em conjunto com as coletividades locais e associações culturais, nomeadamente a Contramaré – Associação Cultural de Portimão, o Clube União Portimonense, a Sociedade Vencedora Portimonense. Nos dias 12, 24 e 28 de junho, das 19h00 às 00h30, a Rua Nova será palco de sardinhadas, recriação de saltos à fogueira e animação cultural, nomeadamente Bailes Populares e projeção de Vídeo Mapping.

De realçar que a A.R.U. – centro histórico de Portimão tem sido palco de um conjunto de iniciativas da cidade ligado à reabilitação e regeneração urbana, e ainda local de uma série de atividades alternativas protagonizadas pela Contramaré – Associação Cultural de Portimão.

Os Santos e as Festas populares são uma tradição muito própria da nossa cultura. O que interessa é celebrar intensamente tudo o que estes dias festivos em Portimão têm para oferecer. Esta iniciativa é organizada pelo Município de Portimão em conjunto com a Freguesia de Portimão, Junta de Freguesia de Alvor, Junta de Freguesia da Mexilhoeira Grande e ainda com a Contramaré – Associação Cultural de Portimão, o Clube União Portimonense, a Sociedade Vencedora Portimonense.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *