Destaque, Sociedade, Vila do Bispo

Vila do Bispo recebe Gala dos Prémios Município do Ano 2016

um cidades

O município de Vila do Bispo acolhe a cerimónia de entrega dos “Prémios Município do Ano 2016” que decorrerá no Forte do Beliche, em Sagres, no próximo dia 3 de junho, pelas 17 horas, evento organizado pela Câmara Municipal e pela Universidade do Minho, através da sua plataforma UM-Cidades.

Assim, após vencer “Prémio Município do Ano 2015” com o projeto “Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza de Sagres”, o concelho de Vila do Bispo torna-se o anfitrião deste evento que pela primeira vez sai do Minho. Recorde-se que esta iniciativa visa reconhecer e premiar as boas práticas em projetos implementados pelas autarquias com impactos assinaláveis no território, na economia e na sociedade, e que promovam o crescimento, a inclusão e a sustentabilidade dos municípios.

Este ano foram apresentadas 93 candidaturas em diferentes categorias, que foram submetidas por municípios com realidades completamente diferentes, abrangendo cidades de grande dimensão assim como concelhos de baixa densidade.

Das candidaturas apresentadas foram selecionadas 36, 4 por categoria, que, no próximo dia 3 de junho, aspiram à conquista do prémio regional e do prémio nacional.

Esta seleção foi feita por um júri nacional, constituído por nove personalidades independentes e provenientes de áreas diversas nomeadamente por Paulo J. S. Cruz, presidente do júri e professor da Universidade do Minho; Adelino Soares, presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo; Catarina Selada, diretora da Unidade de Cidades da Inteli e coordenadora da plataforma Smart Cities Portugal; David Pontes, jornalista, subdiretor do Jornal de Notícias; José Rio Fernandes, professor da Universidade do Porto; João Guerreiro, professor e ex-Reitor da Universidade do Algarve; Teresa Heitor, professora do Instituto Superior Técnico; Tomaz Dentinho, professor Universidade dos Açores e presidente APDR; e Vitor Cavaleiro, professor e ex-Vice-Reitor da Universidade da Beira Interior.

Dar visibilidade e reconhecer, em diferentes categorias, realidades diversas que incluam as cidades de maior dimensão, mas também os territórios de baixa densidade nas diferentes regiões do país são outros dos objetivos desta iniciativa instituída pela Universidade do Minho, através da sua plataforma UM-Cidades.
Lista dos municípios nomeados:
Alentejo
Avis – projeto – CrescerAvis – Ludotecas Municipais, Pilar de apoio às famílias
Elvas – Forte da Graça
Ponte de Sôr – Kiitos@21stCenturyPreshools – Um projeto local de Dimensão Europeia
Santarém – Reabilitar Troço a Troço

Algarve
Albufeira – Projeto Chapim
Lagoa – Projeto Green Cork | Educação ambiental em contexto educativo e comunitário
Lagos – Lagos na Rota do Envelhecimento Ativo
Loulé – Loulé Criativo

Área Metropolitana de Lisboa
Lisboa – Programa Reabilita Primeiro Paga Depois
Loures – Galeria de Arte Pública da Quinta do Mocho
Palmela – Academia da Proteção Civil de Palmela
Seixal – Plano Municipal para a Igualdade de Género e Oportunidades do Seixal 2013-2015

Área Metropolitana do Porto
Arouca – Passadiços do Paiva
Maia – Ecoponto em Casa
Valongo – Comunidade + Esclarecida, Comunidade + Participativa
VN Gaia – Gai@prende+

Região Centro (mais de 20.000 hab.)
Alcobaça – Books & Movies-Município de Alcobaça
Fundão – Academias de Código
Montemor-o-Velho – Remote Intelligent Sensor for Environment & Civil Protection
Torres Vedras – Centro de Educação Ambiental da Câmara Municipal de Torres Vedras

Região Centro (menos de 20.000 hab.)
Arganil – Exposição “Arganil – Capital do Rally”
Batalha – Recuperação da Aldeia da “Pia do Urso”
Miranda do Corvo – Centro de Estágio de Trail Running e BTT
Penacova – Memória de Penacova
Região Norte (mais de 20.000 hab.)
Esposende – BTT Luso-Galaico
Fafe – Terra Justa, Encontro Internacional de causas e valores – Humanidade em Fafe
Guimarães – Laboratório de Paisagem de Guimarães
Vila Nova Famalicão – Famalicão Made In

Região Norte (menos de 20.000 hab.)
Alfândega da Fé – Sorriso Sénior
São João Pesqueira – Centro de Animação Sociocultural e Teatro (CAST)
Vila Pouca de Aguiar – Programa de Valorização Paisagística de Tresminas
VN Foz Côa – Centro de Alto Rendimento do Remo

Regiões Autónomas
Funchal – Programa de Revitalização do Comércio e Serviços
Lagoa (RAM) – Plano educativo e cultural da Lagoa – “Das artes ao artesanato contemporâneo”
Madalena do Pico – Madalenaventura
Praia da Vitória – Reabilitação na Comunidade

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *