Cultura, Destaque, Marinha Grande

Museus em Grande festa na Marinha Grande

DiaInternacionalMuseus2016_vertical

Os espaços museológicos da Marinha Grande estão em festa, de 16 a 27 de maio, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus, que se celebra anualmente a 18 de maio.

A Câmara Municipal promove visitas exploratórias à mais recente exposição temporária do Núcleo de Arte Contemporânea (NAC) seguidas de ateliês de expressão plástica dirigidos às crianças das escolas do ensino pré-escolar e visitas às diversas exposições dos museus da cidade para o público em geral. A participação nas atividades é gratuita.

O Dia Internacional dos Museus foi criado pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus e celebra-se anualmente a 18 de maio, através da organização de diversas atividades.

O tema proposto para 2016 – “Museus e Paisagens Culturais” –, “visa promover a ideia de museu enquanto centro territorial de uma proteção ativa da paisagem cultural”. Essa função pode ser exercida em diferentes níveis, nomeadamente através da sensibilização das comunidades para o papel interventivo que podem desempenhar na conservação e valorização deste universo patrimonial.

A Noite Europeia dos Museus, criada pelo Ministério Francês da Cultura e da Comunicação, irá decorrer a 21 de maio, e os museus da Marinha Grande associam-se a estas celebrações.

 

O programa das comemorações do Dia Internacional dos Museus na Marinha Grande é o seguinte:

Dias 16, 17, 18, 19, 20, 23, 24, 25 e 27 de maio . 09h30 às 11h30 . 14h00 às 16h00
Núcleo de Arte Contemporânea (NAC) do Museu do Vidro e instalações do Serviço Educativo
Descobrindo a exposição… “À Espera de Ulisses”
Descrição: visita exploratória à exposição para observação e interpretação das obras de Manuela Castro Martins, seguida de ateliê de expressão plástica.
Público-alvo: crianças a frequentar o ensino pré-escolar do concelho, com idades entre os 3 e os 6 anos.

Dias 18, 21 e 22 de maio
Entradas gratuitas nos museus municipais

Museu do Vidro (Jardim Stephens)
Exposição “A arte de trabalhar o vidro” do mestre António Esteves
Com uma carreira de 50 anos na arte de trabalhar o vidro e o cristal, António Esteves é hoje um dos mais notáveis mestres vidreiros portugueses. A exposição “António Esteves, a arte de trabalhar o vidro” apresenta 30 obras que espelham o percurso deste mestre vidreiro ao longo de mais de duas décadas de saber e de talento na arte de fazer vidro.

Núcleo de Arte Contemporânea (NAC) do Museu do Vidro (Edifício da Resinagem)
“À Espera de Ulisses”
A exposição apresenta as obras mais recentes da artista, resultado de uma busca incessante por uma nova linguagem e do desafio permanente de fazer coisas que não possam ser feitas.
Detentora de um vasto currículo, Manuela Castro Martins foi vencedora do Prémio de Design da “Emerge 2014”, Bienal de Vidro da Bullseye para artistas emergentes, realizada em Portland, nos Estados Unidos da América.

Museu Joaqum Correia (Largo 5 de Outubro)
Exposição “Flores do Mestre Joaquim Correia”
A exposição apresenta 23 obras inéditas do mestre Joaquim Correia, sob a forma de pintura, gravação, modelação e multimédia, com recurso a aguarela, óleo, linóleo, carvão, vidro e terracota.

Dia 21 de maio . sábado . 16h00
Casa da Cultura Teatro Stephens
Espetáculo de teatro infantil “El-Rei Tadinho no reino das cem janelas” pelo Triopulante Teatro
Sinopse:
O Reino das cem Janelas era governado por El-Rei Tadinho. El-Rei Tadinho era um monarca muito distraído, mas cheio de ideias luminosas, tão distraído que os seus ministros andavam a receber mais 2,8% de ordenado por cada decreto que assinavam e El-Rei, tadinho, não sabia. Tão distraído que deu a mão da sua filha em casamento ao dragão do reino, a distracção não foi ter aceite como genro o dragão, foi que ele não se lembrou que não era casado e não tinha filha…Que ideias luminosas terá El-Rei Tadinho para resolver tantos problemas?
Ficha Artística:
Texto original: Alice Vieira
Adaptação e Encenação: João Pedrosa
Interpretação: Carmo O’Neil, João Pedrosa, José Peixoto e Rebeca Aizic
Cenografia: Sílvia Patrício e João Pedrosa
Desenho de Luz: João Pedrosa
Operação de Som e Luz: João Pedrosa / Carmo O’Neil
Produção: Triopulante – Teatro para Todos
Duração: 50m
M/3
Entrada gratuita

Dia 21 de maio . sábado .
Até às 19h00 e das 21h00 às 23h00
Noite dos museus
Abertura do Museu do Vidro e NAC
Atuação da Orquestra da Amieirinha no Palácio Stephens

21h30 . Auditório da Resinagem
Apresentação pública do vídeo do Museu do Vidro realizado no âmbito do projeto “Portugal in 150 seconds – Museum” da Lua Filmes

Dia 22 de maio . domingo .
11h00 . Museu do Vidro
Visita guiada à exposição “A arte de trabalhar o vidro”, pelo mestre António Esteves

15h00 . NAC e instalações do Serviço Educativo
Ateliê “Descobrindo a exposição… À Espera de Ulisses”
Público-alvo: crianças entre os 5 e os 10 anos, acompanhadas por familiares
Duração: 02h00
Limitado a 20 crianças. Inscrições na receção do Museu do Vidro até 21 de maio.

Junte-se à festa e visite os museus da Marinha Grande!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *