Desporto, Destaque, Elvas

Lito Vidigal tem voto de louvor da câmara de Elvas

unnamed (73)
A Câmara Municipal de Elvas, na sua reunião desta quarta-feira dia 11, aprovou um “voto de louvor” ao treinador de futebol Lito Vidigal, “pelo êxito desportivo da carreira”, “quer como jogador quer como treinador, em especial pelas conquistas das últimas duas épocas, e pela ligação a Elvas”, segundo se justifica no texto aprovado pelo executivo municipal por unanimidade.
A autarquia elvense refere também que “na última segunda-feira 9 de maio, no final do jogo Estoril-Arouca, em declarações à comunicação social, Lito Vidigal quis dedicar o êxito desta temporada a Elvas, a Angola e à família, tendo utilizado a expressão «a minha cidade», para se referir a Elvas, onde tem familiares e amigos, que visita com frequência”.
A presente temporada do técnico do Arouca não passou despercebida à câmara de Elvas, ao referir que “o trabalho de Lito Vidigal foi notável, tendo assegurado, no passado fim-de-semana, a presença na Liga Europa na próxima época e o quinto lugar no campeonato – dois enormes feitos, para a dimensão do Futebol Clube de Arouca”, considera.
Também as duas temporadas anteriores, quando Vidigal esteve no Belenenses, foram elogiadas, pois a autarquia alentejana considera que o treinador “salvou o clube da descida e conquistou a participação na Liga Europa”, recorda.
Lito Vidigal, com 46 anos, está radicado nesta cidade raiana há quatro décadas e foi em “O Elvas” que se iniciou como futebolistas, das camadas jovens a sénior, e como treinador, em 2003.

Texto integral do “Voto de Louvor” aprovado
José Luís Vidigal, conhecido no mundo do futebol por Lito Vidigal, nasceu em Angola há 46 anos, mas veio muito novo para o nosso País, em 1975, onde se radicou em Elvas, com a sua família, após uma presença breve em Trás-os-Montes.
Como jogador de futebol, começou em “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos, onde se manteve dos escalões de formação até sénior, antes de jogar no Estrela de Portalegre, Campomaiorense, Belenenses e Santa Clara. De destacar, a presença por sete temporadas em Belém, sempre no campeonato da I Divisão, entre 1995 e 2002.
Como treinador, a estreia foi em “O Elvas” CAD, na temporada de 2003/2004; mais tarde, voltou aos azuis-e-ouro em 2004/2005 e 2007/2008. Foi treinador ainda no Portossantense (Porto Santo), Pontassolense (Madeira), Ribeirão (Braga), Estrela da Amadora, Portimonense, União de Leiria, Seleção de Angola, Al Ittihad Tripoli (Líbia), AEL de Limassol (Chipre), Belenenses e Arouca, onde cumpre a atual temporada.
Em Belém, em duas épocas seguidas, salvou o clube da descida e conquistou a participação na Liga Europa.
No clube arouquense, o trabalho de Lito Vidigal foi notável, tendo assegurado, no passado fim-de-semana, a presença na Liga Europa, na próxima época, e o quinto lugar no campeonato – dois enormes feitos, para a dimensão do Futebol Clube de Arouca.
Na última segunda-feira 9 de maio, no final do jogo Estoril-Arouca, em declarações à comunicação social, Lito Vidigal quis dedicar o êxito desta temporada a Elvas, a Angola e à família, tendo utilizado a expressão “a minha cidade”, para se referir a Elvas, onde tem familiares e amigos, que visita com frequência.

Pelo êxito desportivo da carreira de Lito Vidigal, quer como jogador quer como treinador, em especial pelas conquistas das últimas duas épocas, e pela ligação a Elvas, que refere habitual e publicamente, a Câmara Municipal de Elvas, na sua reunião de 11 de maio de 2016, atribui a Lito Vidigal um Voto de Louvor.
Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *