Évora, Sociedade

Câmara recupera pinturas decorativas das arcadas do Centro Histórico de Évora

Quando em 2015 os Serviços Municipais procediam a trabalhos de conservação das arcadas, foram postas a descoberto pinturas decorativas que se encontravam tapadas.

A investigação que foi de imediato iniciada com a colaboração de especialistas da Universidade de Évora permitiu concluir que, no caso do nº 6 da Rua João de Deus, se tratava de pintura a fresco com acabamentos a seco, que se supõe ter sido executada no XVIII.

Veio entretanto a verificar-se que toda a área de arcadas deste local apresenta vestígios de pintura da mesma natureza artística, o que determinou um plano de intervenção forçosamente faseado, dados os constrangimentos de ordem financeira a que o Município está sujeito.

Contudo, graças apoio técnico especializado do Centro Hércules da Universidade de Évora e da Direção Regional de Cultura do Alentejo, foi possível iniciar trabalhos de recuperação numa parte das pinturas, sendo a restante área revestida com materiais adequados à respetiva preservação, de forma a poder ser igualmente intervencionada logo que possível.

Os trabalhos estão a ser executados por duas técnicas especializadas em conservação e restauro, estimando-se que esta fase tenha a duração de 3 meses.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *