Cultura, Portimão

Museu de Portimão assinala 8º aniversário com exposição do artista Hein Semke

O 8.º aniversário do Museu de Portimão vai ser assinalado no dia 21 de maio com a realização da 16ª Corrida Fotográfica de Portimão e a inauguração da exposição “Todos Nós Somos Peixes ” de Hein Semke.

Das 09h00 às 20h00 os concorrentes da Corrida Fotográfica de Portimão passarão pelos diferentes postos de controlo onde irão receber a indicação dos temas a fotografar. Através das suas objetivas espera-se um renovado e atualizado olhar pelo território do município, das pessoas, atividades, vivências e aspetos do património cultural e natural.

A partir das 10h00, no Centro de Interpretação dos Monumentos Megalíticos de Alcalar, realiza-se uma sessão de arqueologia experimental, no âmbito da qual o público poderá assistir e participar na cozedura, em fogueira, de uma coleção de reproduções cerâmicas utilizadas na conservação, preparação e consumo de alimentos no calcolítico português.

Para as 17h00 está marcada a inauguração da exposição “Todos Nós Somos Peixes”, de Hein Semke, que reúne um conjunto de obras do escultor alemão, natural de Hamburgo, radicado em Portugal a partir de 1932. Em 2015, vinte anos após a morte de Hein Semke, Teresa Balté, sua esposa, fez três importantes doações do espólio do artista, uma à Fundação Calouste Gulbenkian e as outras ao Museu do Azulejo e ao Museu de Portimão, que recebeu um conjunto de 359 obras de temática marítima abrangendo escultura, cerâmica, pintura, gravura, desenho, colagem, alguns dos seus instrumentos de trabalho, bem como algumas publicações e catálogos.

No dia do aniversário do Museu de Portimão a programação para os mais novos tem o seu espaço e, das 16h00 às 17h00, as “Marias Conserveiras” vão estar na Oficina Educativa para contar as suas estórias sobre a fábrica e ensinar os participantes dos ateliers a construir latas de conserva muito especiais.

O programa de aniversário termina às 18h30 com uma degustação de conservas promovida pela Docapesca.

O Dia Internacional dos Museus, assinalado a 18 de maio sob o tema “Museus e Paisagens Culturais”, também integra as comemorações do 8º aniversário, que nesse dia convida todos os visitantes a entrar gratuitamente. Às 18h00, no Auditório do Museu, a “Canção da Rocha” far-se-á ouvir, 100 anos depois, pelas vozes do coro do Agrupamento de Escolas Eng.º Nuno Mergulhão, a que se seguirá a apresentação do livro da autoria de Carlos Osório, “Francisco OliveiraHein Semke Xilogravura_11 – Um Fotógrafo de Portimão”, a cargo da Professora Maria João Raminhos.

Para participar nas comemorações do 8.º Aniversário, a partir do dia 17, irão figurar à entrada do museu, numa mesa muito especial, personagens de outros tempos ligadas à história de Portimão.

Inaugurado em 2008, o Museu de Portimão recebeu nesse ano uma menção honrosa na categoria “Melhor Museu Português”, pela Associação Portuguesa de Museologia, e no ano seguinte pelo Turismo de Portugal, na categoria “Novo Evento Público”. Em 2010 foi distinguido com o prémio “Museu Conselho da Europa” e em 2011 com o prémio “DASA – Mundo do Trabalho 2011”. Ainda nesse ano foi premiado pelo filme “À conversa com Manuel Teixeira Gomes”, no Festival Tour Film Brazil 2011, com a “Arara de Prata – Jovens Talentos”. O ano passado voltou a ser distinguido pela Associação Portuguesa de Museologia com o prémio “Inovação e Criatividade”, pelo projeto “A nossa cultura sai à rua”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *