Oliveira de Azeméis, Sociedade

Quatro associações de Oliveira de Azeméis recebem apoio de 125 mil euros

primage_15891

A Câmara de Oliveira de Azeméis assinou quatro contratos-programa de financiamento com associações do concelho no valor de 125 mil euros.

Esta verba junta-se aos 16 milhões de euros que a autarquia já transferiu para o movimento associativo entre 2009 e dezembro de 2015.

“Temos um tecido associativo muito empreendedor e temos, por essa razão, que estar ao seu lado criando condições para que as associações consigam cumprir os seus planos de atividade e concretizar os seus projetos”, afirmou o presidente do município, Hermínio Loureiro, na assinatura da contratualização do apoio financeiro à Associação do Parque Temático Molinológico, Confraria das Papas de S. Miguel, Associação de Solidariedade Social de Loureiro e Fábrica da Igreja de Santa Marinha de Palmaz.

Segundo o autarca, “estas quatro associações têm feito um trabalho extraordinário” e “o que queremos é que o nosso concelho continue a ser uma referência com um movimento associativo ativo e determinado”.

A Associação do Parque Temático Molinológico (APTM) foi contemplada com 50 mil euros, uma verba destinada às suas atividades ao nível do plano de desenvolvimento turístico do parque e da valorização da gastronomia, em particular da regueifa e pão de Ul, dois dos produtos que afirmam territorialmente o concelho de Oliveira de Azeméis.

No plano gastronómico, também a Confraria das Papas de S. Miguel recebeu uma verba de 20 mil euros para a construção de uma “cozinha pedagógica”, numa perspetiva de valorização da gastronomia e de uma relação mais próxima da população, incluindo as crianças, com as questões da culinária.

Numa altura em que comemora o 25º aniversário, a Associação de Solidariedade Social de Loureiro está mais perto de avançar com a requalificação das suas instalações com o apoio de 25 mil euros atribuído pela autarquia.

O apoio de 30 mil euros contratualizado com a Fábrica da Igreja de Santa Marinha de Palmaz irá permitir a esta instituição requalificar o espaço exterior ao templo, depois de concluída a remodelação interior.

“A Federação das Associações do Município de Oliveira de Azeméis pode continuar a contar com o nosso apoio porque queremos continuar a ter um associativismo empenhado mas a ajuda só tem sido possível porque temos controlada a situação financeira da autarquia», assegurou Hermínio Loureiro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *