Cultura, Destaque

Concurso Lusófono da Trofa aberto a todos os países de língua portuguesa termina a 31 de maio

concurso_trofa2016

Contagem decrescente para o final da edição 2016 do Concurso Lusófono da Trofa – Conto Infantil – Prémio Matilde Rosa Araújo, que termina a 31 de maio.

A Trofa prepara-se para galardoar mais um conto infantil inédito, criado em português, que irá assim, juntar-se aos dez  livros infantis editados pela Câmara Municipal, sendo que o 10º será lançado oficialmente no fim do mês de maio, durante o Encontro Lusófono de Literatura Infanto-Juvenil da Trofa.

O principal objetivo deste Concurso organizado pela Câmara da Trofa com o apoio do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., é defender e consolidar a língua portuguesa como expressão universal da nossa cultura e motivar a produção literária.

Este Concurso literário internacional que aposta na promoção e salvaguarda da literatura infanto-juvenil e da cultura lusófona estende-se a todos os países de língua oficial portuguesa, nomeadamente Portugal, Angola, Brasil, Moçambique, Cabo Verde, S. Tomé e Príncipe, Guiné Bissau e Timor.

As obras devem ser enviadas, sob pseudónimo, até ao último dia útil do mês de maio de 2016 e em Portugal, podem fazê-lo, em mão (até às 18h00, do último dia útil do mês de maio de 2016), na Casa da Cultura da Trofa, Avenida D. Diogo Mourato, durante o horário do expediente ou via correio, através de carta registada.

Já nos outros países a entrega dos contos pode ser efetuada no Centro Cultural Português em Luanda (Angola), no Centro Cultural Português em Brasília (Brasil), no Centro Cultural Português na Praia (Cabo Verde), no Centro Cultural Português em Bissau (Guiné-Bissau), no Centro Cultural Português em Maputo (Moçambique), no Centro Cultural Português em S. Tomé (S. Tomé e Príncipe) e no Centro Cultural Português em Díli (Timor).

O Concurso Lusófono da Trofa – Conto Infantil – Prémio Matilde Rosa Araújo 2016 tem em disputa o Prémio Matilde Rosa Araújo, no valor de 2000 euros, para o Melhor Conto, ainda o Prémio Lusofonia, no valor de 750 euros, para o Melhor Conto, a ser selecionado de entre os países não contemplados com o prémio Matilde Rosa Araújo e o Prémio Ilustração, no valor de 1250 euros.

Os ilustradores poderão concorrer com duas ilustrações subordinadas, obrigatoriamente, a um excerto, à sua escolha, de uma das obras de Matilde Rosa Araújo e o vencedor do Prémio “Melhor Ilustração” ilustrará o conto vencedor do Prémio “Matilde Rosa Araújo”.

Este Concurso, cujos vencedores serão revelados nas Comemorações do Aniversário do Município, em novembro, é já considerado uma referência internacional na área da literatura e da criação e expressão literária em português, tendo já publicado inúmeras obras hoje bastante conhecidas junto do público mais jovem.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *