Cultura, Póvoa de Lanhoso

Póvoa de Lanhoso assinalou Dia Mundial da Dança

Cerca de 120 pessoas, na sua maioria jovens, participaram nas comemorações do Dia Mundial da Dança, na parte da tarde, promovidas pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso. Na parte da noite, o destaque vai para os cerca de 60 artistas que subiram ao palco do Theatro Club, durante a Gala que visou assinalar a mesma data, a 29 de abril.

“Congratulo-me pelo sucesso alcançado através destas Comemorações do Dia Mundial da Dança”, refere o Vereador para a Cultura da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues, agradecendo “a todas as entidades e elementos participantes” nos dois momentos distintos, um de tarde e outro à noite, que visaram assinalar a data.

Na parte da tarde, o evento foi realizado no largo em frente aos Paços do Concelho e contou com a participação dos Golden Dancers, um grupo de alunos do 5º ano da EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio; das Top Girls, um grupo do 5º ano da EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio; do 12º ALIVE, com alunos do 12º ano da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso; e dos The Diamonds, com alunos de 6º ano. Houve ainda as atuações da Universidade Sénior e de um grupo convidado, Power Flow, de Guimarães. O evento mobilizou cerca de 120 pessoas que estiveram local.

À noite, foi realizada a “Gala do Dia Mundial da Dança”, a partir das 21h00, com a presença de outros grupos locais e convidados, celebrando esta data através de vários géneros de dança, desde o folclore aos ritmos latinos. Destaque para as participações dos elementos do Rancho Folclórico da Póvoa de Lanhoso, da Escola PédeDança, do Grupo de Danças Latinas da Póvoa de Lanhoso, das Diamonds Dance e da Lanhoso Dança. Na Gala, subiram ao palco cerca de 60 artistas, com um público de 76 pessoas.

Durante todo o mês, até ao dia 29 de abril, semanalmente, formadoras do Theatro Club deslocaram-se às escolas aderentes, Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso e EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio, para ensinar a coreografia do flashmob aos alunos participantes. Além disso, houve ainda a participação da equipa do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos, local a onde as mesmas também se dirigiram para ensinar a referida coreografia.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *