Póvoa de Lanhoso, Sociedade

“Serões no Burgo/Tertúlias Rusgueiras” na Casa da Botica na Póvoa de Lanhoso

Decorreu, no passado dia 14 de Abril, pelas 21 horas, uma tertúlia etnográfica organizada pela Casa da Botica, que teve como orador principal o presidente da Rusga de S. Vicente de Braga, José Pinto. Esta tertúlia intitulada “A importância do movimento etno-folclórico nas festas concelhias” resultou de um convite formulado pelos grupos folclóricos da Póvoa de Lanhoso aquando de uma visita que fizeram à Rusga de S. Vicente, em 28 de janeiro deste ano.

Este encontro revelou-se muito proveitoso pelas questões que foram abordadas e pelo modo como os grupos folclóricos e todos os presentes participaram e conviveram.

Ficou a vontade de se organizar novos encontros para se abordar outros temas que ajudem a enriquecer os elementos dos grupos. Por fim, fez-se uma abordagem à importância do INATEL no apoio ao movimento etnográfico nacional e regional. José Pinto relevou o papel desta instituição e da pertinência dos grupos folclóricos da Póvoa de Lanhoso serem CCD’s (Centro de Cultura e Desporto do INATEL). Este estatuto exige uma maior e melhor organização dos grupos, do ponto de vista formal, pelo que foram desafiados a fazerem formação nesta área.

A Câmara Municipal, através do Vereador Armando Fernandes, comprometeu-se a ajudar, no que estiver ao seu alcance, para incentivar os grupos a darem um salto qualitativo no modo de encarar as grandes responsabilidades que os mesmos têm na promoção, preservação e divulgação da cultura etnográfica da nossa região.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *