Nelas, Sociedade

Concelho de Nelas festejou a revolução de 25 abril numa expressão de promoção ao associativismo e apoio à preservação da memória local

25_ABRIL_INAUGURACAO_FORNO

Os 42 Anos da Revolução de Abril foram comemorados no Concelho de Nelas com um conjunto de atividades lúdico-culturais, sociais e desportivas, com destaque para a Sessão Comemorativa da Assembleia Municipal, em Nelas, Palestra “Falar de Abril”, em Canas de Senhorim e Inauguração da Requalificação do Forno Comunitário e Encontro de Bandas Filarmónicas do Concelho, em Vilar Seco.

As Comemorações tiveram início, em Nelas, com o tradicional Hastear da Bandeira na Praça do Município, acompanhado pela Fanfarra e Corpo Activo dos Bombeiros Voluntários de Nelas, seguindo-se a Sessão Comemorativa da Assembleia Municipal que contou com a intervenção do Presidente da Assembleia Municipal e representantes dos diversos grupos parlamentares municipais que sublinharam a importância desta data como marco único na afirmação da liberdade e democracia, quer ao nível nacional, quer local. Na mesma linha, o Presidente da Câmara relembrou que as dádivas da democracia não se obtinham sem custos e que para poder mantê-las era necessário empenho e responsabilidade, compromissos que assumiu e que pretende manter com a população do Concelho. Para destacar a solenidade da data, a Sessão prosseguiu ainda com o requintado espectáculo musical “Canções de Abril” por Miguel Calhaz e Marco Figueiredo, que brindaram os presentes com interpretações de temas de Zeca Afonso, Sérgio Godinho, Fausto, José Mário Branco, entre outros.

Em Canas de Senhorim, as Comemorações foram marcadas também pelo Hastear da Bandeira no Quartel dos Bombeiros Voluntários da localidade e Desfile da Fanfarra, prosseguindo com a actividade Pintura de Rua, “Falar Sobre Abril”, onde antigos Combatentes partilharam as suas experiências vividas no antigo regime e ainda pela distribuição de cravos na localidade pelo Presidente da Câmara e Presidente da Assembleia Municipal.

As Comemorações prosseguiram durante a tarde em Vilar Seco com uma arruada pelas três Bandas do Concelho, que se concentraram no Forno Comunitário e cuja requalificação foi inaugurada pelo Presidente da Câmara Municipal de Nelas e Presidente de Junta de Freguesia de Vilar Seco, tendo sido benzido pelo pároco da localidade na presença de centenas de pessoas. No discurso de inauguração, o Presidente da Câmara realçou a importância desta obra como símbolo da identidade e história da cultura local e enriquecimento do vasto património arquitectónico concelhio, reforçando a importância do apoio e acompanhamento próximo que a Câmara Municipal de Nelas tem promovido junto das diversas freguesias do Concelho, adiantando que em Vilar Seco está previsto um apoio contínuo no âmbito da educação e cultura, nomeadamente com a requalificação da Escola Primária local, ampliação do Cemitério da Freguesia, candidatura e construção da ETAR para resolução dos esgotos, além de obras de apoio ao movimento associativo e obras de proximidade essenciais ao bem-estar da população, enfatizando também que nos últimos tempos foi necessário compor as finanças da Câmara Municipal e dar condições aos empresários para criar emprego nas Zonas Industriais, uma delas (ZI 1) localizada também na freguesia de Vilar Seco. O Presidente destacou ainda a importância da cooperação recíproca entre Câmara e associações locais de forma a criar laços estreitos que venham a resultar em sinergias e dinâmicas revitalizantes do tecido cultural local.

O momento inaugural do Forno, que contou ainda com uma atuação do Rancho Folclórico de Vilar Seco, foi marcado com a cozedura de cerca de 30 broas de milho e 20 bôlas de carne em vinha-de-alhos, sardinha e bacalhau, preparadas por senhoras da terra que ainda não perderam esta tradição, tendo sido utilizada para a confecção a farinha moída nos moinhos de Senhorim, terminando num lanche convívio que decorreu no final da tarde, na sede da Associação Cultural e Desportiva de Vilar Seco. O Forno está disponível a todos os habitantes do concelho que queiram usufruir do mesmo reavivando, desta forma, esta tradição comunitária e partilha de experiências e saberes.

Ao longo da tarde, as festividades continuaram com o “Concerto 42 Anos de Abril” pela Sociedade Filarmónica 2 de Fevereiro de Santar, Sociedade Musical St. António de Carvalhal Redondo e Associação Filarmónica de Vilar Seco, um espectáculo musical de qualidade, atestando a importância da cultura local que nestes últimos anos tem sido bastante acarinhada pela Câmara Municipal. De referir ainda o espírito de comunidade dos membros da Associação Cultural e Desportiva de Vilar Seco que contribuíram também para as Comemorações, com destaque para a organização do Passeio da Liberdade que reuniu dezenas de motorizadas num clima de muito convívio e animação.

As Comemorações culminaram à noite no Cineteatro Municipal de Nelas, com a apresentação da peça “Os Filhos que Abril deixou”, pelos alunos do Curso Profissional de Artes do Espectáculo da Escola de Mangualde, num espetáculo bem estruturado, em que se respirou a Revolução de Abril, tendo terminado com uma interpretação do célebre tema “Grândola Vila Morena”, entoado por toda a plateia, num hino à fraternidade e à celebração da liberdade.

25 de Abril! Porque Nelas Vive!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *