Destaque, Economia, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra

Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra têm futuro e querem continuar a ser exemplo para o país

primage_15702

Os municípios de Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra “têm sido um exemplo e uma alavanca para o país” em setores tão importantes como os da inovação, do empreendedorismo e da empregabilidade, defendeu ontem o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Hermínio Loureiro.

O autarca aproveitou a abertura das III Jornadas de Empreendedorismo e Emprego “Aqui Há Futuro”, que decorrem no pavilhão municipal de Vale de Cambra até este sábado, para destacar a “excelência” dos empresários dos dois municípios e a necessidade de se “adequar o ensino e a formação às necessidades do tecido empresarial”.

“Fazemos parte de um território que é líder mundial em vários setores o que nos dá mais responsabilidade para aumentar os padrões de qualidade”, afirmou Hermínio Loureiro, apontando a formação como uma vertente fundamental para se atingir esse objetivo.

“O investimento a ser feito na formação deve ter por base as necessidades das empresas”, disse, reforçando que “se todos tivermos as mesmas estratégias as metas serão mais facilmente atingidas e superadas”.

Segundo o autarca, “as parcerias são fundamentais e é nessa base que trabalhamos em sintonia com as empresas e as escolas na procura das melhores soluções”.
Sobre o futuro do certame, Hermínio Loureiro disse que ele está aberto à presença de outros setores apontando, entre outros, a “fileira florestal” e o ambiente.

As III Jornadas de Empreendedorismo e Emprego, numa parceria com o município de Oliveira de Azeméis, estão a decorrer na cidade de Vale de Cambra com o Emprego, a Inovação e o Turismo Empreendedor na agenda. Esta é a segunda vez que as Jornadas se realizam nesta cidade, considerada a capital do aço inoxidável.

Além do debate, as jornadas apresentam uma componente mais prática virada para a divulgação de oportunidades de emprego para os jovens.
“As Jornadas são a prova clara de que devemos trabalhar em rede, em permanente diálogo e em parceria, num espírito supramunicipal”, afirmou o presidente da Câmara de Vale de Cambra, José Pinheiro, apontando como bons exemplos da colaboração intermunicipal a Associação de Desenvolvimento Regional Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM), a Associação de Municípios de Terras de Santa Maria e a iniciativa EDV Talks, um encontro destinado a dar a conhecer as oportunidades do Programa “Portugal 2020” nos cinco municípios do Entre Douro e Vouga.

Segundo o autarca, “a força económica dos dois municípios está ligada à sua capacidade empreendedora” e ao carater inovador dos industriais.
“A baixa taxa de desemprego dos dois municípios relativamente à média nacional atesta a capacidade dos empresários em criar e inovar”, disse.

As Jornadas, que terminam este sábado, pretendem ser um espaço de oportunidades e de orientação vocacional e, ao mesmo tempo um fórum de discussão das questões do empreendedorismo e emprego.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *