Cultura, Elvas

Livro “A Toponímia do Concelho de Elvas” apresentado na Biblioteca

unnamed (52)

O livro “A Toponímia do Concelho de Elvas”, de Rui Jesuíno, vai ser apresentado este domingo, 24 de abril, na Biblioteca Municipal de Elvas Dra. Elsa Grilo, pelas 15 horas, um estudo inédito sobre os topónimos do concelho de Elvas, constituindo um estudo primordial para a história local e uma obra de referência a nível nacional, e o seu autor um dos mais conceituados historiadores de Elvas.

A obra é uma co-edição da Câmara Municipal e Edições Colibri e surge na esteira do apoio que esta autarquia tem vindo, ao longo dos anos, a conceder a obras de autores elvenses e/ou sobre entidades e temáticas concernes ao nosso concelho. Uma iniciativa integrada nas comemorações do Dia Mundial do Livro.

Rui Jesuíno, nasceu em Elvas a 20 de dezembro de 1982, e desce cedo se interessou pela história e pelo património desta cidade, realizando investigações nesta área desde tenra idade. O autor é licenciado em História e Património Cultural pela Universidade de Évora e tem o Curso de Mestrado em Ciências da Informação e da Documentação da mesma universidade, onde durante dois anos seguidos teve Bolsa de Mérito dada ao melhor aluno, sendo funcionário da Câmara Municipal de Elvas, desde 2005, onde é responsável pelo Turismo e pelo Património da cidade. É colunista do jornal Linhas de Elvas onde escreve semanalmente a rúbrica “Histórias do nosso Património”.
Neste livro, que inclui 2498 topónimos que marcam a história deste território nos últimos três mil anos, o autor explora o seu interesse pela toponímia de Elvas. “Porque se chamará a cidade de Elvas desta forma? E aquela herdade, aquele monte, a ribeira, o outeiro, a horta? É neste espírito de investigação que acabou por surgir o meu gosto pela toponímia e agora a vontade de fazer um levantamento e um estudo de todos os topónimos conhecidos no Concelho de Elvas!”.

Ainda no decurso desta apresentação, será entregue o “Galardão Melhor Leitor” nas categorias: Adultos Literatura, Adultos Leitura Científica, Multimédia, Juvenil e Infantil, com o objetivo de premiar os cinco utilizadores que mais recorreram aos serviços e recursos da Biblioteca nestas vertentes, e promovendo deste modo este equipamento cultural, além de incentivar mais utilizadores a frequentar este espaço.

O Dia Mundial do Livro, criado pela UNESCO no ano de 1955, comemora-se anualmente a 23 de abril, com o objetivo de promover o prazer da leitura, a publicação de livros e a proteção dos direitos autorais. A escolha da data deve-se a três grandes autores literários, que faleceram neste dia, Miguel de Cervantes, William Shakespeare e Garcilaso de la Vega.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *