Economia, Montijo

Montijo aposta na internacionalização da economia

Nuno Canta_Presidente_CMM

O presidente da Câmara Municipal de Montijo, Nuno Canta, reuniu com o presidente da AICEP, Miguel Frasquilho, com o objetivo de manifestar o interesse do Município do Montijo na internacionalização da sua economia local, como forma de captação de mais investimento económico para o concelho do Montijo.

Na reunião, que teve lugar no passado dia 31 de março, foram abordadas, essencialmente, duas questões: a futura localização do novo aeroporto na Base Aérea n.º 6 e a necessidade de investimento na Vila de Canha (freguesia do concelho do Montijo).

Relativamente à primeira questão, o presidente da câmara expressou que a possível instalação do novo aeroporto na BA6 vai trazer novos desafios ao concelho do Montijo, aumentando significativamente a competitividade e atratividade do seu território para o acolhimento de investimentos nacionais e estrangeiros.

Sobre a Vila de Canha, o autarca demonstrou a sua preocupação com o decréscimo populacional verificado na localidade, o risco de desertificação associado e a necessidade de captação de investimento. Nesse sentido, o presidente da câmara falou no aproveitamento do espaço industrial das Taipadas (os terrenos da antiga fábrica Tocam) como oportunidade para acolher um investimento internacional na área agroindustrial.

Estas e outras questões abordadas entre o presidente da Câmara Municipal do Montijo e o presidente da AICEP serão, brevemente, formalizadas através de um protocolo de colaboração que terá como objetivo principal a captação de investimento internacional para o território do concelho do Montijo.

O referido protocolo encontra-se em fase de adequação às especificidades e características do concelho e, assim, que estiver terminado será submetido para apreciação e votação em reunião do Executivo da Câmara Municipal do Montijo.

A AICEP, Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, é uma entidade pública de natureza empresarial vocacionada para o desenvolvimento de um ambiente de negócios competitivo que contribua para a globalização da economia portuguesa.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *