Sociedade, Vendas Novas

Mês da prevenção dos maus-tratos na infância assinalado em Vendas Novas com laço humano

Laço humano

O mês de Abril é dedicado, a nível mundial, à Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e em Vendas Novas a causa voltou a ser lembrada.

Durante a manhã de dia 12 de abril, a CPCJ e o Município, convidaram os alunos do 1.º ciclo do Centro educativo – extensão a vestirem-se de azul e deslocarem-se até à Câmara Municipal para formarem um laço humano e, assim, assinalarem a abertura do Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância.

A Campanha do Laço Azul iniciou-se em 1989, nos Estados Unidos da América, quando uma avó, Bonnie W.Finney, prendeu uma fita azul à antena do seu carro como forma de despertar a curiosidade da sua comunidade e assim poder contar a trágica história sobre os maus-tratos à sua neta, os quais já tinham também morto o seu neto de forma brutal. O azul impedia-a de esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras. A história desta avó demonstra como o efeito da preocupação de uma única pessoa pode ter no despertar das consciências do público, em geral, relativamente aos maus-tratos contra as crianças, na sua prevenção e na promoção e proteção dos seus direitos.

A celebração do 2.º Aniversário da CPCJ de Vendas Novas, que tem lugar no próximo dia 28, completa o programa com a inauguração da exposição “Crianças no mundo – Com direitos” do Instituto de Apoio à Criança; uma sessão sobre “Parentalidade positiva: Brincar, Regrar, Valorizar e Castigar”, pela psicóloga Rita Ribeiro-Moreno e a apresentação da obra “O ano mais estúpido do meu irmão mais novo”, pelo autor Miguel Morais.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *