Cultura, Destaque, Porto

Leitura alternativa de Aristóteles chega ao Teatro Nacional São João

David Antunes 1 ©João Tuna

Na próxima quarta-feira, dia 13 de abril, o Centro de Documentação do TNSJ, no Mosteiro de São Bento da Vitória (MSBV), no Porto, acolhe a terceira sessão das Quartas-Feiras Teóricas. Entre as 15h00 e as 18h00, David Antunes fala-nos Sobre Catarse, Animais e Fantasmas, promovendo uma leitura alternativa de Aristóteles, a partir do conceito proposto pelo filósofo grego. A iniciativa é um projeto trimestral do TNSJ coordenado por Paula Braga, e é de entrada gratuita, até ao limite de lotação da sala.

Durante a tarde, David Antunes, que tem dedicado algum tempo a estudar as causas das emoções e as implicações da irracionalidade humana, irá debruçar-se sobre a crença que as pessoas têm sobre as virtudes e efeitos positivos do teatro. Segundo o professor da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC), um dos efeitos mais conhecidos do teatro é a catarse e as suas interpretações privilegiadas centram-se em duas vertentes. A primeira é o alcance preliminar do domínio de uma aprendizagem emotiva, enquanto que a segunda é sobre o efeito curativo ou purgativo do irracional.

David Antunes é licenciado em Línguas e Literaturas Modernas e Mestre e Doutor em Teoria da Literatura, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, tendo também estudado na New York University. Já escreveu cerca de trinta artigos sobre poesia, filosofia e teatro, incluindo A Magnanimidade da Teoria (2008). Trabalhou, durante dez anos, como dramaturgista do Teatro da Garagem e foi professor convidado ou Erasmus em diversas universidades europeias. Neste momento, é professor adjunto da ESTC e Presidente do Conselho Técnico-Científico da instituição.

O Centro de Documentação do TNSJ foi fundado no ano 2000. O espaço integra um Arquivo, um núcleo essencial para os investigadores dos campos cénicos e para a preservação de documentos como registos vídeos de espetáculos, textos de teatro, dossiês fotográficos ou materiais promocionais das peças do TNSJ. Localizado no Mosteiro de São Bento da Vitória, contempla ainda uma Biblioteca considerada a melhor em Portugal no que toca às artes performativas. Disponibiliza gratuitamente a consulta de cinco mil livros, além de compilar vídeos, filmes e documentários sobre teatro e dança, óperas dirigidas por encenadores relevante, e ficheiros de teatro radiofónico. O Centro de Documentação está aberto ao público de segunda a sexta-feira, entre as 14h30 e as 18h00.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *