Cultura, Póvoa de Varzim

Encontro com a Jornalista Sofia Branco na Biblioteca Municipal da Póvoa de Varzim

Encontro com a Jornalista Sofia Branco na Biblioteca

No dia 11 de abril, segunda-feira, às 10h30, irá realizar-se, na Biblioteca Municipal, mais uma sessão de Artes & Ofícios que dará a conhecer a profissão de jornalista.

Artes & Ofícios é uma atividade que pretende colocar as crianças e jovens em contato direto com vários profissionais e artificies, para que possam conhecer a realidade laboral do nosso quotidiano.

A próxima Artes & Ofícios vai ser dedicada ao jornalismo, sendo dinamizada por Sofia Branco, Presidente do Sindicato dos Jornalistas.

Sofia Branco tem 39 anos (Póvoa de Varzim, 18.01.1977) e é jornalista há 14. Atualmente, trabalha na Agência Lusa, em Lisboa, na secção de Lusofonia e Mundo, onde cobre temas de direitos humanos e igualdade de género. Antes trabalhou durante dez anos no jornal Público, durante os quais recebeu vários prémios por artigos publicados sobre igualdade de género, nomeadamente sobre mutilação genital feminina.

Com mestrado em Direitos Humanos (tese sobre prostituição e direitos humanos), é também professora convidada no Mestrado em Estudos sobre as Mulheres, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde tem lecionado sobre direitos das mulheres. Atualmente, está a frequentar o Doutoramento em Sociologia na mesma universidade, com uma tese em estudos sobre as mulheres.

É membro da Rede Temática de Jornalistas do Instituto Europeu para a Igualdade de Género, que se reúne regularmente para avaliar o desempenho desta agência e fazer recomendações, e também conselheira da estratégia europeia para eliminar a mutilação genital feminina, coordenada pela Amnistia Internacional.

Foi consultora de um projeto de dois anos (2011-2013) apresentando pela Associação para a Cooperação Entre os Povos sobre representações de género veiculadas nas mensagens jornalísticas e publicitárias, financiado por fundos do POPH/QREN.

A série de trabalhos sobre mutilação genital feminina valeu-lhe vários prémios nacionais e internacionais, entre os quais a Medalha de Ouro da Assembleia da República em 2005. É autora do livro Cicatrizes de Mulher, sobre o mesmo tema

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *