Destaque, Economia, Marinha Grande, Sociedade

Visita do Embaixador dos EUA à Marinha Grande

VisitaEmbaixadorEUA6

O embaixador dos Estados Unidos da América (EUA) em Portugal, Robert Sherman, e a secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques, visitaram a Marinha Grande no dia 30 de março, para conhecer a indústria local, a convite da Associação Nacional da Indústria de Moldes (CEFAMOL) .

Esta iniciativa teve como objetivo dar a conhecer as competências das empresas de moldes e potenciar as oportunidades que o maior mercado mundial pode representar para o setor.

O presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Paulo Vicente, recebeu a comitiva, que integrou ainda representantes de instituições locais e do setor dos moldes, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Paulo Vicente lembrou que aquela visita pretendeu dar a conhecer a indústria “aos Mercados externos, enquanto fator decisivo para a sua internacionalização e afirmação no contexto de uma economia cada vez mais globalizada”.

Fazendo alusão à origem industrial da Marinha Grande, através da indústria vidreira,  nas últimas décadas, “tem sido a indústria dos moldes quem mais e melhor se tem ajustado à economia mundial, afirmando-se mesmo hoje no mercado global a par dos seus mais relevantes concorrentes”.

Paulo Vicente referiu a importância da indústria do concelho “para o valor acrescido do nosso Produto Interno Bruto nacional e para o equilíbrio positivo da nossa balança comercial, assente numa produção maioritariamente para exportação e fornecimento aos maiores consórcios europeus e internacionais da indústria automóvel, aeronáutica, biomédica, alimentar, etc”.

Daí que seja “legítimo, que os nossos empresários esperem de todos nós, autarcas e governantes, especial interesse e preocupação para as suas necessidades, na procura ativa de resposta para os principais problemas que diariamente enfrentam”.

O autarca salientou que “os nossos empresários são altamente empreendedores e produtivos e estão preparados para responder aos desafios do futuro, num setor que está em constante transformação e evolução, como é o da indústria”.

Ao receber o embaixador dos EUA na Marinha Grande, Paulo Vicente espera “que tome conhecimento também das potencialidades do nosso território” e “da capacidade empreendedora e inovadora dos nossos empresários, e bem assim, do contributo que a indústria que representam pode dar à economia americana para a sua afirmação na vanguarda da inovação e da tecnologia”.

A secretária de Estado dos Assuntos Europeus enalteceu a indústria local que apresenta um nível de excelência por comparação com o que se faz no mundo e manifestou preocupação em “proteger as empresas nacionais para criar condições para que se possam desenvolver”. Margarida Marques afirmou que “foi no desenvolvimento, na inovação, na capacidade de assumir o risco que as empresas se conseguiram impor no mercado internacional”.

O embaixador afirmou que o futuro passa por potenciar as parcerias entre os países da União Europeia e os EUA, reforçando o papel das pequenas e médias empresas portuguesas para o crescimento económico.

Declarou ainda a sua satisfação pela realidade empresarial que conheceu na Marinha Grande, enaltecendo a importância das empresas para levar a economia portuguesa ao mundo.

Robert Sherman admitiu que a comunidade da Marinha Grande é um modelo para o resto da Europa e do mundo, pelo acolhimento que assegura às outras comunidades e pela forma como encontra resolução para os problemas.

Após a receção na Câmara Municipal, a comitiva visitou a Coleção Visitável do Futuro Museu da Indústria de Moldes, o CENTIMFE, a incubadora OPEN e empresas dos moldes.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *