Cultura, Mação

“Outra Arte” de José Freire em Mação

Expo Outra Arte

No dia 2 de abril será inaugurada em Mação a Exposição “Outra Arte” de José Freire.

A Exposição apresenta a interessante forma de José Freire trabalhar os materiais, criando e recriando com pedaços de azulejos, variados tipos de quadros, painéis e de peças tridimensionais decorativas, constituindo uma genuína e peculiar arte de esculpir o azulejo.

Esta peculiar arte é desenvolvida através da utilização de azulejos trabalhados com alicates, (sem utilização de quaisquer tintas), tendo como suporte madeira de bétula, choupo, MDF e contraplacado marítimo.

 

A exposição estará patente entre 2 e 31 de abril na Galeria do Centro Cultural Elvino Pereira, em Mação. A inauguração, dia 2 de abril, terá lugar às 17h00.

José Freire nasceu em 1946 no Fundão, e após ter cessado a sua atividade profissional, intensifica o seu percurso artístico através duma intensa observação dos materiais e formas de trabalhar o azulejo.

Apaixonado pela arte do mosaico e pela azulejaria, percorreu vários pontos do País e da Europa, preocupando-se sempre por conhecer as técnicas e obras dos grandes mestres deste tipo de arte.

Procurando sempre fazer algo de inovador e diferente, inicia como autodidata, a sua própria forma de trabalhar os materiais, criando e recriando com pedaços de azulejos, variados tipos de quadros, painéis e de peças tridimensionais decorativas, constituindo uma genuína e peculiar arte de esculpir o azulejo.

Inspira-se na arte do mosaico, nas várias correntes da azulejaria e na técnica “alicatado” (em voga nos séculos XVI e XVII ) para exprimir a sua arte de não pintura.

Dentre as obras que trabalha, exclusivamente com pedaços de azulejo (e sem utilização de quaisquer tintas) destacam-se a recriação de pinturas e desenhos de artistas célebres, a par da execução das suas próprias peças.

Com atelier em Azeitão, onde desenvolve a sua atividade artística, conta com várias exposições no País.

As suas obras,  para além de se encontrarem dispersas pelas mais variadas entidades públicas e privadas, é nos  particulares,  investidores de arte  nacionais e estrangeiros que têm o seu maior destino.

Saiba tudo sobre a obra e o artista aqui: http://www.outraarte.com/

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *