Celorico de Basto, Sociedade, Turismo

Momentos de emoção na Via-Sacra ao Vivo em Celorico de Basto

_DSC6299

Na Sexta-feira Santa, 25 de março, Celorico de Basto recebeu um dos momentos religiosos mais marcantes da Quaresma, a Via-Sacra ao vivo. A encenação foi da responsabilidade dos idosos e animadores que integram o programa Celorico a Mexer em parceria com o Arciprestado. Uma cerimónia que antecipou as celebrações próprias da Páscoa.

“Foi uma cerimónia muito bonita feita com muita devoção que nos fez reviver um dos momentos mais significativos da vida de Cristo, o percurso desde a condenação à morte na cruz e ressurreição” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Estes momentos devem ser preservados porque fazem parte da nossa história, das nossas vivências enquanto católicos. Temos toda a comunidade envolvida”.

A Via-Sacra ao vivo decorreu no Parque Urbano do Freixieiro, por um percurso ligeiramente alterado relativamente aos anos anteriores, que contemplou as 15 estações que retrataram a vida de cristo desde a condenação, à morte na cruz e ressurreição. Presidida pelo arcipreste de Celorico de Basto, padre Albano Costa, conjuntamente com alguns párocos das freguesias do concelho, a cerimónia arrastou centenas de pessoas, muitos fiéis, que se juntaram, em romaria, a este acontecimento religioso.

Helena Martinho, Coordenadora da Ação Social e Saúde do Município de Celorico de Basto salientou que “é notório o empenho dos nossos idosos e dos nossos técnicos na interpretação dos papéis que lhes foram atribuídos. Criaram-se momentos verdadeiramente mágicos e cheios de significado que emocionaram todos os presentes ” disse.

Antes da cerimónia Manuel Oliveira, o ator que interpretou Jesus Cristo, disse tratar-se de um momento verdadeiramente único, onde a concentração é primordial para conseguir ser o mais fiel possível à personagem que interpreta. “É uma função muito exigente e de muita responsabilidade, a concentração é fundamental para conseguir entrar na personagem. Apesar de não ter que dizer nada sinto que o meu corpo ganha vida e adquire todos os comportamentos que Jesus teve na altura em que fez o caminho até ao calvário. É verdadeiramente emocionante. Não é a primeira vez que faço de Cristo e sinto-me sempre muito nervoso”.

A via Sacra ao vivo decorreu por um percurso devidamente decorado a recordar o verdadeiro caminho que Jesus percorreu, com todos os intervenientes trajados em conformidade com roupas da época. Um momento vivido com muita devoção por todos os intervenientes e pelo público que assistia.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *