Turismo, Vila Real de Santo António

Autarca de Vila Real de Santo António eleito presidente da Assembleia Geral da Câmara de Comércio Portugal – Cuba

Assembleia_Geral_Câmara de Comércio Portugal-Cuba

O presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Luís Gomes, foi hoje eleito presidente da Assembleia da Câmara de Comércio, Indústria, Serviços e Turismo Portugal – Cuba.

O sufrágio teve lugar durante a Assembleia Geral do organismo, realizada esta terça-feira, no Porto, onde foi também aprovado o plano de ação para 2016 e definido um conjunto de estratégias para potenciar a internacionalização das empresas, no âmbito do quadro comunitário Portugal 2020.

A integração do autarca vila-realense nos quadros da Câmara de Comércio Portugal-Cuba tem em consideração as parcerias e projetos estabelecidos – desde há muito – entre o município de Vila Real de Santo António e a República de Cuba, nomeadamente na área da saúde, cultura e educação, o que já potenciou a criação de diversos programas pioneiros na área da oftalmologia.

Para Luís Gomes, esta sua nova função tem igualmente em consideração «o importante papel do organismo no fomento das relações entre Portugal e Cuba, o que tem permitido promover, organizar e coordenar reciprocamente missões empresariais e culturais, ampliando a projeção económica dos dois países».

De acordo com Américo Castro, presidente da Câmara de Comércio Portugal-Cuba, «neste momento, os investimentos já acordados e em fase final de negociação das empresas portuguesas em Cuba já ascendem a 30 milhões de euros, tendo sido celebrados diversos memorandos de entendimento com empresas portuguesas que pretendem investir na indústria de moldes plásticos, de componentes para automóveis, na área do papel, ou na indústria da construção».

A Câmara de Comércio Portugal – Cuba foi constituída a 2 de junho de 2014, sob a forma de associação sem fins lucrativos, e tem como objetivo apresentar as oportunidades de investimento em Cuba quer ao nível da área de negócios, quer sob o prisma fiscal.

 

No âmbito da sua atuação detém ainda competências e relações institucionais junto dos Governos, Embaixadas e outras entidades com vista a apoiar e assessorar as empresas.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *