Felgueiras, Turismo

Festival do Pão-do-Ló em Felgueiras atraiu dezenas de milhares de visitantes

p+úo de leo de Felgueiras (104)

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro esteve presente na abertura oficial do Festival do Pão-de-Ló e enalteceu a realização do evento: “Este festival de doçaria, que culmina com uma parte gastronómica, tem um cariz nacional, que permite a participação de comerciantes de todo o país mas que deixa bem evidenciada a dinamização da economia desta região, sendo de salientar que este evento é bastante importante para a promoção dos produtos e comercialização por parte de todos agentes económicos participantes”.

Para Inácio Ribeiro, presidente da Câmara de Felgueiras, “este festival, lançado em 2010, é de primordial importância para a economia local, em especial no que se refere aos doces tradicionais, como se pode ver pela grande participação de comerciantes e de visitantes, sendo motivo de satisfação da autarquia ter alcançado o objetivo de expandir esta mostra de ano para ano, que permite o escoamento de todos os produtos no evento”.

Estiveram também presentes a nível de representação oficial na abertura do festival José Luís Gaspar e Paulo Cunha – presidentes da Câmara Municipal de Amarante e da de Vila Nova de Famalicão, respetivamente –, bem como Jorge Magalhães, vice-presidente da Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal, e Afonso Faiela Chambe, Cônsul de Moçambique.

No decorrer do evento vários expositores disseram estar agradados com a nova configuração do espaço, resultante da instalação da réplica da fonte monumental, retirada na passagem dos séculos XIX/XX , construída recentemente pela Câmara

Levado a efeito no passado fim de semana, que atraiu dezenas de milhares de visitantes, no claustro e espaço envolvente ao Mosteiro de Pombeiro – que é o local habitual do evento, desde que, em 2010, foi implementada esta mostra anual de doces tradicionais, realizada pela autarquia em parceria com a empresa municipal ACLEM. O festival culminou com a realização do Fim de Semana Gastronómico, que este ano contou com maior participação de restaurantes. Ao todo, estiveram 40 expositores, de comerciantes dos mais diversos pontos do país.

Depois da abertura oficial, no sábado, seguiu-se uma visita guiada ao mosteiro. Decorreram várias atividades, entre as quais o ateliê lúdico-pedagógico “Pasteleiro por um dia”, uma prova noturna de BTT, a qual reuniu mais de 300 participantes, e um concerto de fado, por Joana Almeida.

No domingo, de manhã, foi celebrada a Missa de Ramos. De tarde, houve mais visitas guiadas ao mosteiro, seguindo-se grande animação musical, com o Grupo Folclórico de Santa Maria de Pombeiro e, pelas 16h00, com a dupla musical Zé do Pipo e Ruth Marlene, que atraiu milhares pessoas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *