Mação, Sociedade

Primeiro Ministro em Mação no Dia Internacional das Florestas

unnamed (24)

Na próxima segunda-feira, 21 de março, o Senhor Primeiro Ministro, António Costa, estará em Mação na Sessão Comemorativa do Dia Internacional das Florestas.

A Sessão terá lugar no Alto da Caldeirinha com início previsto para as 14h30. Às 15h00 terá lugar uma visita a áreas intervencionadas em povoamentos de regeneração natural de pinheiro bravo e será feita, pela Câmara Municipal de Mação, uma descrição técnica dos trabalhos que tem desenvolvido.

Pelas 15h30 terá lugar o painel “A gestão florestal: o presente e o futuro” com as intervenções do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos; Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes; Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa terminando com a intervenção do Senhor Primeiro-Ministro, António Costa.

Estarão presentes mais membros do XXI Governo Constitucional na Sessão Comemorativa.

Com o lema “Floresta gerida é uma floresta protegida” a escolha de Mação para a Comemoração do Dia Internacional das Florestas em 2016 reconhece o enorme trabalho que Mação tem desenvolvido na fileira florestal.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, que não fará nenhuma intervenção na Cerimónia, “é fundamental mudar o paradigma. Sem uma inversão total na forma como a paisagem está a ser gerida, o futuro da Floresta está comprometido”. Neste sentido considera a escolha do Município de Mação para a Comemoração do Dia Internacional das Florestas “um bom sinal pois, além do reconhecimento do nosso trabalho,  é importante fazer uma reflexão conjunta para poderemos concretizar esta nossa ambição de ter uma floresta saudável”. Conclui sublinhando que tem esperança “que esta data marque uma efetiva alteração na gestão da floresta e que comecemos, todos, a trabalhar com um objetivo comum pelo bem de uma floresta sustentável em Portugal”.

 

 

ORIGEM E HISTORIAL DO DIA INTERNACIONAL DA DAS FLORESTAS

No Nebrasca (EUA), em 1872, face à escassez de árvores e florestas, a população decidiu dedicar um dia à plantação de árvores. Inicialmente, a comemoração não tinha um dia fixo.

Muitos países se seguiram nesta iniciativa, tendo a primeira “Festa da Árvore” sido comemorada em Portugal, em 1907, estendendo-se estas comemorações, sobretudo durante o período inicial da 1.ª República, até 1917.

Em dezembro de 1970, no âmbito das comemorações do Ano Europeu da Conservação da Natureza, foi retomada a celebração oficial do “Dia da Árvore”, por proposta da então Direcção-Geral dos Serviços Florestais e Aquícolas e da Liga para a Proteção da Natureza.

A Festa passou da Árvore à da Floresta quando, em 1971, a FAO estabeleceu o “Dia Mundial da Floresta” com o objetivo de sensibilizar as populações para a importância da floresta na manutenção da vida na Terra. Como consequência, em Portugal, em 1974, foi celebrado o primeiro “Dia Mundial da Floresta”, tendo sido escolhida, como em muitos outros países do hemisfério norte, a data de 21 de março, o primeiro dia de primavera.

Em 30 de novembro de 2012, a Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou uma resolução que declara o dia 21 de março de cada ano como Dia Internacional das Florestas, encarregando o Secretariado de, em colaboração com os governos e as demais organizações internacionais e da ONU, organizar anualmente as comemorações do Dia Internacional.
fonte: http://www.icnf.pt/portal/icnf/noticias/eventos/dia-florestas-2015

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *