Mação, Sociedade

Mação – um voluntário, toda uma comunidade!

image004 (4)Ser voluntário num país cuja população vive com graves privações socioeconómicas passa, muitas vezes, pelos objetivos de vida de muitas pessoas. Mas nem todas o fazem. Adiam, projetam no futuro, depois vêm responsabilidades várias e o que foi uma ideia nunca chega a ser prática.

Em Mação há um jovem, já na casa dos 30 anos, que pensou ter chegado a hora de concretizar esse desejo. Por intermédio de uma outra maçaense que fez voluntariado em Cabo Verde conheceu o Projeto Educativo e Terapêutico para Crianças Carenciadas, candidatou-se e foi selecionado. Ricardo Murteira, instrutor nas Piscinas Cobertas de Mação, integrou o grupo de voluntários do Programa SSVP Portugal-Cabo Verde e parte em setembro para Cabo Verde. O dinheiro e tempo que teria para as férias com os amigos vai gastá-los com desconhecidos. Mas o Ricardo, junto com o grupo que integrou, têm um objetivo muito concreto: levar um contentor de bens para aquela população e aí todos podemos dar um contributo. O objetivo é reunir bens essenciais como roupa, material escolar, brinquedos, produtos de higiene e de farmácia. Produtos não muito caros que mas terão grande impacto para quem tem muito pouco.

A recolha de bens decorre até 31 de maio de 2016 sendo que, em Mação, os pontos de recolha são: Piscinas Cobertas, Câmara Municipal de Mação, Posto de Turismo, Intermarché, Quartel dos Bombeiros e Serviço de Ação Social.

Quem está longe e não consegue contribuir com bens pode, no entanto, fazê-lo de outra forma. A expedição de um contentor com os bens custa cerca de 1600 euros pelo que todos os donativos são preciosos. Pode contribuir para o IBAN PT50004512704027588697798. Quem contribuir recebe recibo do donativo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *