Cultura, Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Póvoa de Lanhoso promove 1ª Residência Artística de Ecoartes

Carvalho de CalvosAliando ambiente e cultura, o Município da Póvoa de Lanhoso vai promover a 1ª Residência Artística de Ecoartes, no Parque do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos.

Esta iniciativa, agendada para de 4 a 8 de julho de 2016, tem como objetivos a valorização e a preservação ambiental, destinando-se a artistas de todas as idades e proveniências. É uma atividade que engloba ainda na sua organização quer o Centro de Interpretação quer a Divisão de Cultura do Município Povoense e ainda uma parceria com a Escola Superior da Gallaecia, em Vila Nova de Cerveira.

O Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos (CICC) é o polo centralizador da educação e sensibilização para a temática ambiental no Concelho da Póvoa de Lanhoso. É no seu Parque que está se encontra o conhecido carvalho de Calvos (Quercus robur), classificado, em 1997, como Árvore de Interesse Público. Estima-se que, pela sua idade (cerca de 500 anos), seja o Carvalho mais antigo da Península Ibérica e o segundo mais antigo da Europa. Trata-se, provavelmente, do maior carvalho existente no nosso país, apresentando um perímetro do tronco na sua base de 12 metros, uma copa com o diâmetro de cerca de 40 metros e uma altura aproximada de 30 metros. Por isso, nas instalações do CICC, existe o observatório do Carvalho de Calvos.

Embora não haja uma definição clara, considera-se que a arte ecológica ou EcoArte é um tipo de arte contemporânea criada por artistas que se preocupam com a situação local e global do ambiente.

O material usado neste tipo de arte será de origem natural fornecido pelo Município da Póvoa de Lanhoso. Os artistas que desejem participar deverão realizar a sua inscrição junto do Centro de Interpretação até dia 30 de março de 2016.

Esta iniciativa conta já com 14 inscrições, sendo o limite de 20 participantes. Todos os interessados devem endereçar o seu pedido de inscrição ao Centro através de centro.ambiental@mun-planhoso.pt. Poderão ainda aceder ao regulamento no site do Município e aqui e contactar o Centro através do telefone 253 632 790.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *