Sociedade, Vila Real de Santo António

Vila Real de Santo António comemora 28º aniversário da sua elevação a cidade

VRSA_Comemorações da elevação a cidadeVila Real de Santo António celebra, no próximo dia 11 de março, juntamente com os municípios do Fundão, Marinha Grande e Montemor-o-Novo, o 28º aniversário da sua elevação a cidade.

Este ano, as comemorações realizam-se na cidade pombalina e contam com a presença de representantes das 4 cidades geminadas, bem como de toda a comunidade escolar envolvida no projeto «À Descoberta das 4 Cidades», sendo esperada a participação de quase duas centenas de alunos.

As celebrações têm início na Praça Marquês de Pombal, às 10h00, com a entoação do Hino Nacional e o Hastear das Bandeiras, seguindo-se a entrega de lembranças ao presidente anfitrião e a entoação do tradicional hino do «Caracol da Amizade».

Pelas 10h30, será feita a largada de balões com as cores representativas das 4 cidades, momento após o qual terá lugar a inauguração da exposição de esculturas de Carlos de Oliveira Correia, que ficarão expostas, mas próximas semanas, na Praça Marquês de Pombal.

Ainda durante a manhã, às 11h00, decorrem as comemorações oficiais, com uma Sessão Solene no Centro Cultural António Aleixo, que contará com a participação dos agrupamentos de escolas do concelho de VRSA.

 

Sobre o projeto «À Descoberta das 4 Cidades»

Em 1988 (11 de março), as então vilas de Fundão, Marinha Grande, Montemor-o-Novo e Vila Real de Santo António foram elevadas à categoria de cidades. Este ato foi testemunhado por muitos fundanenses, marinhenses, montemorenses e vila-realenses na Assembleia da República.

A partir desta data, e através de uma geminação então criada, estas cidades passaram a denominar-se «cidades irmãs». O dia 11 de março ficou a ser comemorado, até hoje, como o dia de aniversário «das 4 cidades irmãs» que, anualmente – e de uma forma rotativa -, é celebrado em cada uma das localidades.

Mais tarde, em 1994, nasceu o projeto «À Descoberta das 4 Cidades», uma iniciativa interescolar que pretende dar a oportunidade a todas as crianças do 1º ciclo de conhecer estas cidades geograficamente, gastronomicamente e culturalmente tão diferentes.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *