Alcoutim, Sociedade

Jornadas do Mundo Rural decorreram em Alcoutim com vista a promover o desenvolvimento do setor

IMG_0575Nos dias 4 e 5 de março realizaram-se, em Alcoutim, as I Jornadas do Mundo Rural, sob a organização da Câmara Municipal de Alcoutim, em parceria com a Associação de Proprietários Florestais das Cumeadas do Baixo Guadiana.

Estas Jornadas tiveram como principal objetivo o debate de problemáticas atuais no âmbito das áreas florestal e agrícola, através da participação de representantes de diversas entidades e de agentes individuais, que contribuíram de forma relevante para uma abordagem multidisciplinar das temáticas em discussão.

A sessão de abertura ficou a cargo do Presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, Osvaldo dos Santos Gonçalves, e do Secretário de Estado, das Florestas e Desenvolvimento Rural, Amândio Torres, que sublinharam a importância destas Jornadas, e da sua continuidade, como elemento valorativo na definição do futuro do sector primário enquadrado numa estratégia integrada de desenvolvimento local.

Ao longo dos dois dias, os participantes nas Jornadas, puderam assistiram às comunicações dos diversos oradores, técnicos, empresários e especialistas nas diversas áreas, organizados em quatro painéis com diferentes temáticas, e ainda participar nos vários debates.

O primeiro dia das jornadas teve como tema central a floresta, com enfoque na produção e proteção florestal. As comunicações apresentadas centraram-se nos produtos florestais e na caça, com enfâse no cenário regional, onde se identificaram as características dos géneros que povoam esta região assim como as oportunidades e medidas de apoio ao setor florestal. Foram também abordadas questões relacionadas com as alterações climáticas, a sua previsão de evolução e as consequentes implicações no setor florestal. Em síntese, as comunicações apresentadas e os debates realizados convergiram para a necessidade de concretização de vários desafios que se prendem, designadamente com a evolução do setor, e com a necessidade de o tornar mais produtivo e, simultaneamente, mais protegido através da ação dos diversos agentes com responsabilidade nesta matéria.

Os trabalhos do segundo dia tiveram como tema base a Agricultura, e focaram-se, sobretudo, em matérias relacionadas com a implementação de projetos agrícolas, fundos comunitários disponíveis, e os atuais desafios com os quais o setor se debate. Foi, ainda, dado a conhecer o perfil de alguns projetos implementados na região, designadamente, nas áreas do olival, raça caprina, produtos apícolas, entre outros.

Vários oradores abordaram o tema do associativismo e da cooperação, como uma tendência global, e um elemento fulcral para o sucesso na implementação de projetos, nos vários setores. Cooperação que deve concretizar-se através da partilha de conhecimento, do estabelecimento de iniciativas de colaboração, da investigação, da formação e da divulgação, da transferência de tecnologias, da promoção de debates em torno dos desafios da atualidade, e da sustentação científica para a adoção de estratégias e políticas.

O Presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, Osvaldo dos Santos Gonçalves, enalteceu a iniciativa, desejando que esta contribua para o crescimento dos sectores, florestal e agrícola, na região.

As entidades organizadoras, tendo em conta as conclusões e os desafios apresentados nestas I Jornadas, assumiram o compromisso de dar continuidade à iniciativa, de forma a assegurar a existência de um “espaço” de avaliação do sector, de divulgação e partilha de novas técnicas e discussão dos enquadramentos comunitários das políticas agrícolas, com o objetivo de promover o desenvolvimento do setor, principalmente, através da capacitação dos seus agentes.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *