Cultura, Montijo

Exposição “As árvores não morrem” de Paulo Neves no Montijo

exposicao paulo neves (2)Até 9 de abril, a Galeria Municipal do Montijo apresenta-lhe o talento do escultor Paulo Neves. Em “As árvores não morrem”, este conceituado artista plástico utiliza os elementos naturais da floresta para produzir a sua arte, para nos transmitir a sua visão do mundo. A mostra é realizada em parceria com a Galeria Valbom.

“Autor de uma obra inovadora e de vanguarda, cheia de energia e vitalidade, Paulo Neves tem a particularidade de recriar na sua obra um olhar crítico e criativo sobre o espaço e o tempo, num reencontro com a terra e a vida”, afirmou o presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, na inauguração da exposição no passado dia 4 de março.

Paulo Neves agradeceu o convite da Câmara Municipal do Montijo e, em poucas palavras, apresentou a exposição que é composta por “peças mais antigas e outras mais recentes que foram realizadas a partir de uma faia que precisou de ser abatida” e, como o próprio título da mostra indica, “tentei mantê-la viva, não deixá-la morrer”, afirmou o autor.

Nascido em 1959, Paulo Neves revelaria a sua maturidade artística durante a década de 90 do século XX, afirmando-se hoje como um escultor internacional de referência nacional incontornável.

De 1978 a 1981 conviveu e trabalhou com diversos artistas em vários países da Europa. Foi em 1999 que começou por conquistar prémios e menções honrosas, ganhou vários concursos públicos e concebeu diversos galardões e troféus.

Expõe individualmente em Portugal e no estrangeiro, desde 1980. A sua obra pública encontra-se de norte a sul de Portugal e também no estrangeiro. Está representado em vários museus, universidades, fundações, bibliotecas, câmaras municipais, empresas, escolas e hotéis por todo o país.

Visite a exposição “As árvores não morrem” e conheça melhor o trabalho do escultor Paulo Neves e a sua visão da natureza e da arte. A entrada é livre.

Horário: 2.ª a 6.ª feira | 9h00-12h30, 14h00-17h30

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *