Sociedade, Vizela

Autarquia de Vizela cria Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento Jovem para a Empregabilidade Total

1ª sessão GADJETA Câmara Municipal de Vizela criou o GADJET, (Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento Jovem para a Empregabilidade Total), cujo objetivo é a promoção de competências dos jovens que facilitem a procura ativa de emprego e a obtenção permanente de trabalho.

O GADJET é um serviço inovador, gratuito, descomplicado, prático e útil de empregabilidade para jovens. Este gabinete surge no âmbito do contributo da autarquia para combater o flagelo do desemprego sobretudo junto dos mais jovens, apresentando-se como uma ferramenta que contribuirá para apoiar os jovens na (re)construção de um projeto pessoal e profissional na procura de emprego.

“Empregabilidade total” na medida em que, atualmente, é indispensável zelar pela empregabilidade, não só de quem está ou irá procurar trabalho, mas também, para quem já possui uma atividade profissional remunerada. Foi-se o tempo em que o mercado de trabalho assegurava trabalhos e rendimentos numa única empresa para toda a vida ativa. Hoje em dia, para ter trabalho e remuneração durante toda a carreira é necessário que a pessoa mantenha e atualize, a condição de ser contratável, ou seja, a sua empregabilidade.

Decorrente do trabalho em parceria da Câmara Municipal com os Agrupamentos de Escola, CQEP e o GAAS da Santa Casa da Misericórdia de Vizela, arrancou hoje, dia 3 de março, a primeira atividade deste serviço com a dinamização da ação “Profissionais com Futuro”, na Escola Secundária de Vizela, destinada aos alunos que frequentam o 12º ano dos cursos profissionais.

Este gabinete funciona nas instalações do Espaço Jovem de Vizela, e tem como público-alvo a população jovem até aos 30 anos inclusive, residente no concelho de Vizela e/ou que frequentam os estabelecimentos educativos no Concelho e entidades empregadoras que pretendam informação/esclarecimento sobre medidas de apoio à contratação ou outras e orientação na submissão de candidaturas que tenham sobretudo como destinatários jovens desempregados.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *