Celorico de Basto, Cultura

XVI Encontro “Vamos Cantar as janeiras” muito participativo em Celorico de Basto

_DSC8527Em Celorico de Basto o Encontro “Vamos Cantar as Janeiras” decorreu como esperado, com a participação de 21 grupos. A iniciativa decorreu ontem, 31 de janeiro, no Gimnodesportivo de Celorico de Basto com milhares de pessoas na plateia.

“Mantemos as tradições que nos identificam como povo, temos usos e costumes que pretendemos que se mantenham bem enraizados. Este ano contamos com a participação de 21 grupos oriundos das freguesias do concelho” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “É uma boa forma de incrementar o convívio entre as gentes, que aproveitam a oportunidade deste encontro para fortificar laços por entre tradições”.

Esta edição das Janeiras teve alguns ajustes no regulamento com a particularidade de ter deixado e ser concurso para passar a encontro. Neste sentido, todos os participantes, respeitando as regras impostas, com letras originais e trajes apropriados, tiveram direito ao mesmo prémio de participação, o que agradou os participantes.

“Acho que assim é mais justo para todos. Notei até, que os grupos se aprimoraram mais para participar neste encontro de Janeiras. As letras e as músicas, nesta edição, são mais bonitas e os grupos mais afinados” referiu Mónica Alves, participante neste encontro de janeiras.

Pelo palco passou, pela ordem de atuação, a Junta de Freguesia de Agilde (Grupo Juvenil), o Clube de Bombos e Cavaquinhos do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto (Clube de Juvenil), a Cooperartes, Academia de Música de Basto, a Junta de Freguesia de Agilde, os Aventureiros de Veade – União de Freguesias de Veade, Gagos e Molares, o Rancho Folclórico de Sta Maria de Canedo, a Villa de Basto, a associação Amar e Partilhar 21, a associação Catavento, a ACR Ourilhe, os Amigos de Nespereira, os Correndo para Belém – União de Freguesias de Britelo, Gémeos e Ourilhe, a União de Freguesias de Carvalho e Basto Sta. Tecla, o Grupo de Catequistas e Pais do Centro de Catequese de Canedo, o Grupo de Cavaquinhos de Arnoia, a ACR de Caçarilhe, a Universidade Sénior de Celorico de Basto, o GCRNI de Gandarela, as DozeDamas, o Grupo de Cantares de S. Bartolomeu do Rego e o Centro Cultural e Folclórico de Gandarela.

Esta foi a XVI edição de um encontro que se pretende recorrente.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *