Arouca, Educação

Concurso escolar «Desastres naturais» em Arouca

cartaz1«Desastres naturais» é o tema proposto para a edição 2015/2016 do concurso escolar, com enfoque especial na subtemática «Como minimizar os riscos e saber conviver com eles», que pretende consciencializar a comunidade educativa para os riscos naturais a que estão sujeitas, minimizando os mesmos e reduzindo o mais possível a vulnerabilidade das pessoas.

Este ano, o concurso escolar é aberto a todos os alunos, professores e encarregados de educação dos estabelecimentos de ensino público e privado da Área Metropolitana do Porto e do território Montanhas Mágicas®, (jardins de infância, escolas do 1º, 2º e 3º ciclo do ensino básico, escolas do ensino secundário e escolas profissionais). Ficam, assim, abrangidos os municípios de Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, Cinfães, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Paredes, Porto, Póvoa do Varzim, Sta. Maria da Feira, Santo Tirso, S. João da Madeira, S. Pedro do Sul, Sever do Vouga, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia. Este ano, os prémios serão monetários, no valor de 350,00€, sendo destinados apenas a um vencedor por cada nível escolar (Jardim de infância e 1º ciclo, 2º e 3º ciclo, ensino secundário)

As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento de uma ficha de candidatura, disponível nas páginas web da AGA – www.geoparquearouca.com; do Município de Arouca – www.cm-arouca.pt; da ADRIMAG – www.adrimag.com.pt e do IGCP – www.igcp.org.pt. As referidas fichas de inscrição devem ser enviadas, até ao dia 26 de fevereiro de 2016, para a sede da AGA, via email para geral@geoparquearouca.com, ou correio postal para a seguinte morada: Rua Alfredo Vaz, apartado 20 – 4540-118 Arouca.

Contribuir para o desenvolvimento de uma educação para o desenvolvimento sustentável é um dos objetivos centrais deste concurso escolar, promovido pela AGA – Associação Geoparque Arouca, em parceria com o Município de Arouca, ADRIMAG – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Serras de Montemuro, Arada e Gralheira, Comissão Nacional da UNESCO (CNU) e Comité Português para o Programa Internacional de Geociências da UNESCO (IGCP). Uma vez mais, esta iniciativa insere-se no Programa GEA – Terra Mãe, no âmbito das celebrações das Nações Unidas, dinamizadas pela UNESCO, para a Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (2005-2014), Década da Biodiversidade (2011-2020), Década Internacional para Ação «Água, Fonte de Vida» (2005-2015), relembrando também os objetivos do Ano Internacional dos Solos (2015) e os Objetivos do Milénio das Nações Unidas.

Para mais informações consulte o site do Arouca Geopark aqui.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *