Desporto, Espinho

Seleção holandesa de Boccia em Espinho

bocc650Espinho foi novamente a cidade escolhida pela seleção holandesa de Boccia para realizar o seu estágio anual de preparação.

Num ano com provas internacionais muito importantes das quais se destacam o campeonato do Mundo Individual que se vai realizar na China no mês de março e os Jogos Paralímpicos que se vão realizar no Rio de Janeiro em setembro, os responsáveis holandeses escolheram Espinho para esta preparação que vai decorrer entre os próximos dias 25 e 30 de janeiro na Nave Polivalente de Espinho.

Com este estágio, a seleção holandesa procura, mais do que realizar uma semana intensa de treinos, aproveitar o grande desenvolvimento que esta modalidade tem em Portugal para poderem proporcionar aos seus atletas um nível de treino mais elevado procurando promover ao máximo as competências de cada um.

Este estágio beneficia igualmente os jogadores de Espinho que praticam esta modalidade, ao abrigo do projeto de desporto adaptado desenvolvido pelo município em colaboração com o Sporting Clube de Espinho que também eles vão realizar uma preparação mais intensa para as provas nacionais que se avizinham.

Presente na comitiva holandesa está uma das figuras mundiais da modalidade, o atual nº 1 do ranking mundial da classe BC1, Daniel Perez, que foi recentemente indicado pelo Comité Paralímpico Internacional como um dos 8 jogadores a não perder para serem observados nos jogos paralímpicos do Rio. Para além deste jogador, integram também a comitiva os atletas BC2, Judith Bulthuis e Bernd Meints e o atleta BC4, Richard Duray, este já mais habituado à nossa cidade uma vez que representa o Sporting Clube de Espinho. A comitiva holandesa é comandada pelo selecionador Joep Pelsser, que neste ciclo paralímpico, conseguiu garantir a 1º presença de sempre da seleção holandesa de Boccia nos jogos paralímpicos.

Ao longo da semana, estarão também presentes também alguns dos melhores jogadores portugueses da modalidade que vão também ajudar a elevar o nível do mesmo, provenientes não só da seleção Portuguesa como também dos principais clubes da modalidade no norte de Portugal com o S.C.Braga, F.C.Porto, InBoccia e o Centro Municipal de Treinos de Boccia de Oliveira de Azeméis.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *