Évora, Saúde

Presidente da Câmara reforça apelo à construção do novo Hospital Central de Évora

DSC_5310O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, solicitou no início desta semana uma audiência com o Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, com o intuito de reforçar a necessidade de se concretizar, o mais breve possível, a construção do novo Hospital Central de Évora.

Com esta audiência, o autarca de Évora pretende chamar a atenção para a urgência da construção do novo hospital Central de Évora, que servirá as populações do Alentejo, sendo considerado há muito uma prioridade para a região.

Recorde-se que o novo Hospital Central de Évora já esteve projetado, tendo sido reavaliado pelo anterior Governo que não procedeu à concretização do mesmo, cuja conclusão esteve agendada para 2014. Na altura, foi previsto um investimento na ordem dos 94 milhões de euros, para uma unidade que iria ter uma capacidade de 351 camas, extensível a 440.

A área de influência de primeira linha do novo hospital abrangerá 150 mil pessoas, dos 14 concelhos do distrito de Évora, enquanto, numa segunda linha, serão servidas 440 mil pessoas dos restantes 33 concelhos do Alentejo (Portalegre, Beja e Alentejo Litoral).

Entretanto, o Presidente da Câmara Municipal de Évora congratulou-se com a tomada de posição do Grupo Parlamentar do PCP que, através do deputado eleito pelo círculo de Évora, João Oliveira, entregou no Parlamento, esta terça-feira 19 de janeiro, um projeto de resolução que propõe a construção do novo Hospital Central de Évora.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *