Nisa, Turismo

20 mil já conhecem o Forte da Graça em Elvas, visitas gratuitas até final do mês

Cerca de 20 mil pessoas já visitaram o Forte da Graça, em Elvas, desde a sua abertura a 27 de novembro, numa afluência que tem excedido as expetativas da Câmara Municipal de Elvas, sendo o maior afluxo o de turistas espanhóis, em especial da região vizinha da Extremadura espanhola.

Menos de dois meses depois de reabrir ao público, o monumento nacional tem recebido visitantes de várias nacionalidades, inclusive nacionais, de vários pontos do país, atraídos pela monumentalidade e importância histórica deste bastião militar.

As obras de requalificação, no valor de 6,1 milhões de euros, decorreram ao longo de 11 meses, tendo sido inauguradas pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

Até final deste mês de janeiro as visitas continuam a ser gratuitas, podendo ser visitado de terça-feira a domingo entre as 10 e as 17 horas.

O Forte da Graça é constituído por um conjunto de fortificações abaluartadas, classificadas, em 2012, como Património Mundial, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), o que tem levado também alguns turistas a procurar este espaço e a conhecê-lo.

Mandado construir em 1763, pelo marechal Wilhelm von Schaumburg-Lippe, este constitui um “ex-líbris” da cidade e nas obras de reabilitação foi tido em conta a manutenção das cores originais do forte e foram recuperadas as estruturas, como a cisterna, a prisão, as galerias de tiro e a capela, onde foram descobertos frescos do século XIX, também alvo de intervenção.
Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *