Reguengos de Monsaraz, Turismo

Reguengos de Monsaraz registou 160 mil visitas turísticas no ano passado

Monsaraz (1) (1)No ano passado foram registadas 160 mil visitas turísticas aos museus, exposições, igrejas e postos de turismo do concelho de Reguengos de Monsaraz, mais 17,6 por cento que em 2014. Na vila medieval de Monsaraz, a autarquia contabiliza as visitas efetuadas à Igreja da Misericórdia e à Igreja de Nossa Senhora da Lagoa, ao Museu do Fresco e às exposições que estão patentes na Casa Monsaraz, na Torre de Menagem e na Igreja de Santiago – Galeria de Arte.

São também registadas as entradas no Museu Mestre Baptista, em Reguengos de Monsaraz, na Casa do Barro – Centro Interpretativo da Olaria, em S. Pedro do Corval, assim como nos postos de turismo de Monsaraz e de Reguengos de Monsaraz, dois espaços municipais que no ano passado prestaram informações a quase 33 mil turistas. A Igreja de Nossa Senhora da Lagoa recebeu o maior número de visitas, tendo sido contabilizados 78.212 turistas (59,4 por cento portugueses) durante o ano 2015, mais 19,3 por cento que no ano anterior.

Nos postos de turismo do concelho, os turistas nacionais representaram metade do total registado, seguindo-se os espanhóis com 18,4 por cento e os franceses com 11,7 por cento. O Município de Reguengos de Monsaraz contabilizou visitas de turistas de mais de 50 nacionalidades, incluindo de destinos tão longínquos como o Japão, Nova Zelândia, Argentina, China, África do Sul, Israel, Índia e Austrália.

O crescimento turístico está relacionado com os eventos realizados durante a Cidade Europeia do Vinho 2015, mas também com a estratégia de promoção turística que a autarquia está a desenvolver nos mercados nacional e internacional. No ano passado, em conjunto com a Agência de Promoção Turística do Alentejo, visitaram o concelho dezenas de jornalistas de meios de comunicação social internacionais e operadores turísticos que estão a promover a região em vários países. Reguengos de Monsaraz foi ainda promovido em grandes feiras internacionais de turismo, como por exemplo na Fitur (Madrid), ITB (Berlim), ABAV (São Paulo) e World Travel Market (Londres), mas também na Embaixada de Madrid, Consulado de Sevilha, Embaixada de Berlim, Embaixada de Londres e Câmara de Paris.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *