Albergaria-a-Velha, Educação

Serviço municipal encena obras do Plano Nacional de Leitura nas escolas de Albergaria-a-Velha

????????????????????????????????????

Uma equipa do SAC – Serviço de Aprendizagem Criativa do Município de Albergaria-a-Velha está a percorrer as escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico (CEB) da Rede Pública do Concelho a dramatizar a obra infantil “A Maior Flor do Mundo”, de José Saramago, no âmbito do projeto “Ao Encontro da…Educação Literária”.

Promovido pela Rede de Bibliotecas de Albergaria-a-Velha, em parceria com o SAC, “Ao Encontro da…Educação Literária” visa motivar as crianças para a leitura das obras que compõem as metas curriculares de Português e é dirigida aos alunos do 3.º e 4.º ano. Até sexta-feira, dia 22, a equipa do SAC vai percorrer as 15 turmas do 4.º ano, abrangendo 296 alunos. Numa segunda fase, será desenvolvida uma ação específica, com um novo livro, para os alunos do 3.º ano. O projeto de promoção da leitura integra o Programa Municipal de Educação do Município de Albergaria-a-Velha.

“A Maior Flor do Mundo” foi a primeira incursão de José Saramago na literatura infantil, tendo sido publicada originalmente em 2001. Na história, os alunos conhecem um menino que, cansado de brincar sempre nos mesmos locais da sua aldeia, decide subir a encosta. Aí, encontra uma flor murcha que decide salvar, mesmo dispondo de poucos meios para tal. Com o recurso a música e a vários adereços, as duas técnicas do SAC abordam o livro de uma forma original, facilitando a sua compreensão pelos mais novos, que têm que o ler, de forma autónoma, para a disciplina de Português.

No final, as crianças são convidadas a aceitar o desafio que o próprio Saramago deixou no livro – contar a sua história com outras palavras. As turmas podem enviar os seus trabalhos, até final de janeiro, para a Biblioteca Municipal, que publicará, em fevereiro, a melhor história no seu portal, biblioteca.cm-albergaria.pt.

Para além do projeto para os alunos do 1.º CEB, o SAC – Serviço de Aprendizagem Criativa está a desenvolver a Hora do Conto para mais de 640 crianças do pré-escolar do Concelho. Todas as terças e quintas, um jardim-de-infância da rede pública, privada ou solidária dirige-se à Biblioteca Municipal para ouvir uma história. Este ano letivo, a obra encenada é “O Meu Livro”, de Pedro Reisinho e Raquel Pinheiro (ilustrações), que faz parte do Plano Nacional de Leitura. Em março, arrancará uma nova atividade de promoção da leitura para o pré-escolar denominada “Moinho de Histórias”, abrangendo as crianças da rede pública do Município.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *