Baião, Desporto

Baião recebe a 21 de maio o WRC Vodafone Rally de Portugal

10903901_921322524552376_1450689111965076461_oO presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, participou, a 11 de janeiro, na reunião promovida pelo Automóvel Club de Portugal (ACP), onde foi dado a conhecer o formato da prova do WRC Vodafone Rally de Portugal, que terá lugar entre 19 e 22 de Maio de 2016.

“É com muita satisfação que Baião se associa, de novo, a esta organização do Rally de Portugal. Espera-se, para além do prestígio de fazermos parte desta prova, uma grande dinâmica económica para o concelho, característica deste tipo de eventos que mobilizam milhares de pessoas”, sublinhou o autarca.

O encontro, realizado nas instalações do Turismo do Porto e Norte de Portugal, teve como intuito dar a conhecer, em primeira mão, às autarquias de Amarante, Baião, Caminha, Fafe, Guimarães, Lousada, Matosinhos, Mondim de Basto, Paredes, Ponte de Lima, Porto, Valongo, Viana do Castelo e Vieira do Minho, o formato da prova de 2016, depois do enorme sucesso alcançado na edição do ano passado, o que permitiu garantir a permanência do Rally de Portugal no Norte e no Campeonato do Mundo de Ralis.

O Vodafone Rally de Portugal de 2015 foi um rali moderno, tão compacto quanto possível, tendo a seu favor o facto de se disputar numa região de grande beleza, intimamente ligada à história e ao prestígio do rali e facilmente acessível aos muitos milhares de entusiastas da modalidade, portugueses e estrangeiros, razão pela qual foi decidido manter inalterado para a edição de 2016 o essencial da estrutura da prova.

As excelentes instalações da Exponor, em Matosinhos, irão voltar a acolher o posto de comando da prova, a generalidade das partidas e chegadas das etapas.

Tal como aconteceu na última edição da prova, quinta-feira é reservada ao “shakedown”, que se irá disputar no concelho de Paredes, com as últimas centenas de metros a decorrerem no interior das instalações do Kartódromo de Baltar.

A partida do rali terá lugar ao final da tarde, do mesmo dia, novamente em Guimarães, mantendo como pano de fundo o cenário belíssimo e muito evocativo do castelo que representa o berço da nacionalidade.

Em seguida, os concorrentes dirigir-se-ão à pista de “ralicross” de Lousada onde, a partir das 19h00, terá lugar a única super especial do rali, com dois carros a correrem em simultâneo em pistas paralelas e espetáculo garantido para dezenas de milhar de pessoas.

Na sexta-feira, a prova desloca-se para o Alto Minho, onde terão lugar três classificativas distintas – as já conhecidas Ponte de Lima, Caminha e Viana do Castelo, contando cada uma delas com uma dupla passagem dos concorrentes, a primeira de manhã e a segunda durante a tarde.

E como grande novidade desta edição, terá lugar ao final da tarde de sexta-feira, a partir das 19h00, o Porto Street Stage, duas passagens por uma classificativa espetáculo centrada na Avenida dos Aliados e desenhada ao longo de 1.850 metros em vários arruamentos desta zona nobre da cidade do Porto.

Para além de levar o Rally de Portugal ao centro da capital nortenha e ao contacto com muitos milhares de espectadores, uma parte dos quais porventura não se deslocaria aos troços convencionais, o Porto Street Stage apresentará uma fórmula inovadora, permitindo a disputa, no mesmo espaço e praticamente em simultâneo, de duas provas de classificação.

No sábado, a caravana WRC avança para a região do Marão, onde se repetirá o figurino habitual, com uma dupla passagem por três troços diferentes, igualmente reconduzidos da edição anterior – Baião, Marão e Amarante, sendo este o mais longo de toda a prova, com 37,67 km.

A etapa de domingo é, aquela que regista uma das alterações mais significativas, com a classificativa de Vieira do Minho a disputar-se por duas vezes a par do tradicional Fafe, sendo a segunda passagem nesta prova de classificação considerada o Power Stage.

A cerimónia final de consagração dos vencedores do Vodafone Rally de Portugal 2016 – e aqui estamos a falar de mais uma importante novidade desta edição – terá lugar num local emblemático da cidade de Matosinhos, no calçadão frente à praia.

Com uma extensão total de 1.688 km, dos quais 368 km competitivos distribuídos por 19 provas de classificação, o Vodafone Rally de Portugal 2016 mantém as características que estiveram na base do sucesso da edição anterior, afirmando-se como uma prova contemporânea, compacta e perfeitamente adaptada às expectativas da FIA, do promotor e dos participantes.

Para mais informações sobre a prova consulte o site oficial em: www.rallydeportugal.pt.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *