Albergaria-a-Velha, Sociedade

Comerciantes do Mercado Municipal de Albergaria-a-Velha convidados a conhecer a “Praça”

mercado_1-SITEO Presidente da Câmara de Albergaria-a-Velha, António Loureiro, convidou os comerciantes do Mercado Municipal a conhecerem o projeto de requalificação daquele equipamento no centro da cidade. O encontro entre o Autarca e os mais de 50 comerciantes presentes decorreu esta tarde, no Salão Nobre dos Paços do Município.

“Devemos remar todos para o mesmo lado”, lançou o Autarca Albergariense, apelando à colaboração dos vendedores, pelas obras que deverão prolongar-se até 2017. “Vamos melhorar o conforto de quem lá trabalha e de quem lá vai fazer as compras, mas também queremos atrair novos públicos para a Praça”, explicou António Loureiro.

Acompanhado pelo arquiteto Luís Tavares Pereira, do gabinete [A] ainda arquitectura, que elaborou o projeto, o Presidente da Câmara Municipal lançou o conceito de “Praça”, como local de tradição onde se fazem compras confortavelmente no centro da cidade, como local onde se juntam as pessoas.

A “Praça”, conforme recordou uma comerciante que trabalha no Mercado Municipal há 50 anos, quando ainda ocupava a atual Alameda 5 de Outubro, é o local onde as pessoas se encontravam e faziam as compras semanais.

O Mercado Municipal vai sofrer obras em três fases distintas e mantém o funcionamento nesse período. As atividades com bancas fixas, como talhos e peixarias, irão ocupar outra área, mas só mudam de lugar quando os novos espaços estiverem concluídos. Durante as intervenções os restantes comerciantes vão ocupando outros espaços, à medida que terminarem as obras. António Loureiro garante que os dias de abertura mantém-se, quartas-feiras e sábados.

A “Praça” será toda coberta, “vamos manter a horizontalidade do projeto original de Jorge Gigante”, explicou Luís Tavares Pereira. A estrutura metálica que cobrirá grande parte do Mercado vai permitir a entrada de luz e ventilação natural, e também a colocação de painéis solares. Os ciprestes que estão plantados serão mantidos.

Mesmo conservando a porta original, que faz parte do projeto de Jorge Gigante, o Mercado passa a ter uma nova entrada, virada para a rotunda da Avenida Bernardino Máximo de Albuquerque. O cais de cargas e descargas, na Rua José Nunes Alves, será ampliado. Toda a estrutura do Mercado Municipal é fechada com paredes de vidro.

António Loureiro recordou que a intervenção na “Praça” vai valorizar todo o centro de Albergaria-a-Velha e permitir a atração de novos públicos para o comércio de proximidade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *