Economia, Mangualde

Azurmetal, indústria de metalomecânica, Investe na criação de novas instalações em Mangualde

port_img_8A empresa Azurmetal, metalurgia Azurara Lda. adquiriu cerca de 14.000m2 de terrenos ao município de Mangualde para a construção de novas instalações industriais que permitirão à empresa criar as condições necessárias para dar resposta ao incremento da sua produção e expansão desta unidade fabril de metalomecânica em Mangualde. A Azurmetal emprega atualmente cerca de 50 colaboradores e prevê um investimento faseado na nova unidade fabril permitindo também a criação no futuro próximo de novos postos de trabalho.

Para o presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, «trata-se de mais uma boa notícia para Mangualde. Hoje fico satisfeito por termos criado as condições necessárias para que a Azurmetal se mantenha em Mangualde por muitos anos e ao mesmo tempo possa crescer por forma a criar mais emprego, melhores condições de trabalho e espero um aumento da sua produtividade e desempenho».

 

«AS NOTÍCIAS RECENTES DE NOVOS INVESTIMENTOS EM MANGUALDE SÃO MUITO POSITIVAS (…) A AUTARQUIA TEM FEITO NOS ÚLTIMOS MESES UM GRANDE ESFORÇO PARA ATRAIR INVESTIMENTO E CRIAR CONDIÇÕES PARA MANTER O EXISTENTE E ISSO SÓ É POSSÍVEL GRAÇAS AO BOM DESEMPENHO FINANCEIRO DA AUTARQUIA» – João Azevedo

João Azevedo afirma ainda que «as notícias recentes de novos investimentos em Mangualde são muito positivas, mas temos também que olhar para o tecido empresarial existente que muito tem contribuído para que o concelho seja uma referência industrial na região e encontrar soluções para que possam expandir os seus negócios, para que possam crescer e com isso trazer mais emprego, mais riqueza para o concelho». Reforça ainda que «a autarquia tem feito nos últimos meses um grande esforço para atrair investimento e criar condições para manter o existente e isso só é possível graças ao bom desempenho financeiro da autarquia.»

 

«(…) TEMOS A NOÇÃO CLARA DA IMPORTÂNCIA REGIONAL DO INTERFACE MODAL GERADO EM MANGUALDE EM

MATÉRIA DE MOBILIDADE COM A FERROVIA, AS ACESSIBILIDADES VIÁRIAS E O TECIDO EMPRESARIAL LOCAL» – João Azevedo

Contudo, o autarca afirma que «há muito trabalho a fazer, temos uma estratégia bem definida para os espaços industriais existentes e novos espaços a serem criados bem como temos a noção clara da importância regional do interface modal gerado em Mangualde em matéria de mobilidade com a ferrovia, as acessibilidades viárias e o tecido empresarial local. Há uma procura contínua de investidores/empresários para se localizarem em Mangualde e tudo faremos para a criação de emprego e fortalecimento do tecido empresarial em Mangualde, sendo esta a garantia futura para que as pessoas se fixem no território e não tenham que sair de Mangualde. É uma prioridade deste executivo combater o desemprego, a pobreza com medidas e decisões que promovam a criação de emprego e o desenvolvimento económico local e isso só é possível com a fixação de empresas e captação de investimento privado».

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *