Póvoa de Varzim, Sociedade

Presidente da Póvoa de Varzim visita presépios e deseja Festas Felizes

Presidente visita presépios e deseja Festas FelizesA tradição cumpriu-se uma vez mais, e o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, acompanhado do Vice-Presidente e Vereadores, visitou,ontem alguns presépios tradicionais no concelho.

O edil fez questão de reconhecer, pessoalmente, a entrega, engenho e talento dos cidadãos que continuam a dedicar-se à realização destas verdadeiras obras de arte.

“Obrigada por continuar com esta tradição” transmitiu Aires Pereira a Fernando Eusébio, Diogo Neves, José Pinheiro, Manuel Cruz, Antonieta Morim e António José que, orgulhosos, receberam o executivo camarário.

Há mais de 30 anos que Fernando Eusébio se empenha na realização do seu presépio de Natal na freguesia de Aguçadoura. Carpinteiro de profissão faz uso da sua habilidade em trabalhar a madeira para criar objetos que preenchem uma composição singela que cativa os olhares dos visitantes. Perto de três centenas de figuras compõem a sua obra de arte, onde estão presentes elementos naturais como o musgo e a água.

José Pinheiro e Diogo Neves montaram o seu presépio no exterior da sua habitação atraindo as atenções dos transeuntes, na Rua José Manuel Rego da Silva. A inovação em relação a anos transatos é uma das preocupações destes artistas.

Pelo 12º ano, Manuel Cruz realizou o seu presépio movimentado, na Rua das Sencadas, em Aver-o-Mar. Ano após ano, o autor introduz algo de novo. Este ano, Manuel Cruz acrescentou algumas representações com novos efeitos, como os namorados à janela ou o caçador com um coelho na mira. Para além destas, são centenas de figuras que o artista coloca em movimento representando, de forma satírica, as mais diversas cenas do quotidiano. Desfolhada, tecelagem, matança do porco, ordenha das vacas, pesca e carpintaria são algumas das atividades do meio rural representadas que nos preenchem e entretêm por várias horas. Também o casamento, namorados e jogos tradicionais estão retratados, sem esquecer o nascimento, a vida, a crucificação, a morte e a ascensão de Cristo. É interessante verificar a coordenação minuciosa de todos os movimentos que confere vivacidade às cenas representadas.

Já na cidade da Póvoa de Varzim, na casa de Antonieta Morim, em Nova Sintra, encontrámos igualmente o ambiente familiar próprio da quadra, com a celebração dos valores religiosos em evidência. O presépio está instalado na entrada da casa, à mercê de convidados e visitantes mais curiosos e interessados em reviver as tradições. Não faltam figuras, cheias de vida, que se expressam em cores vivas e contagiantes. A Banda Musical a atuar no coreto também foi contemplada neste cenário festivo.

Ali bem perto, na Rua Senhor do Bonfim, e também a ocupar um lugar de merecido destaque dentro da casa de António José está uma magnífica obra de arte. Várias cenas estão representadas numa construção que apresenta não só o presépio tradicional como também o do Centro da Europa, ideia trazida por António José de França. A minuciosidade com que tudo foi feito revela a perícia e dedicação do artista que levou cerca de três semanas a construir o seu presépio.

Não perca esta oportunidade e faça uma visita em família aos presépios tradicionais em diferentes lares poveiros do concelho.

Veja a fotogaleria destes presépios.

O executivo aproveitou o momento para desejar a todos Festas Felizes.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *