Cultura, Póvoa de Varzim

Banda Musical deu Concerto de Gala da Póvoa de Varzim

Banda Musical deu Concerto de GalaNo passado sábado, o Cine-Teatro Garrett foi palco de um Concerto de Gala da Banda Musical da Póvoa de Varzim.

Sob a direção de Paulo Sousa, a Associação da Banda Musical presenteou a comunidade com um espetáculo musical protagonizado por gente da nossa terra.

O Presidente da Câmara Municipal, Aires Pereira, e o Vice-Presidente, Luís Diamantino assistiram ao concerto.

Veja a fotogaleria.

Sobre a Associação da Banda Musical da Póvoa de Varzim:

Fundada em 14 de Junho de 1864, tomou o nome de Banda de Música Povoense ou Banda Marcial Povoense tendo, em 21 de Agosto de 1906, adotado o nome de Banda Musical dos Bombeiros Voluntários.

A partir de 1 de Janeiro de 1925 passou a designar-se Sociedade Musical Banda Povoense.

Depois, por dissidência de alguns elementos, foi fundada nova Banda com o nome de Associação da Manda Musical “A Poveira”.

Em 10 de Abril de 1947 aconteceu a fusão das duas bandas existentes resultando daí a atual designação de Associação de Banda Musical da Póvoa de Varzim (BMPV), hoje Instituição de Utilidade Pública.

Ao completar o seu 50º aniversário, foi agraciada pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim com a Medalha de Ouro de Reconhecimento Poveiro, pelo trabalho desenvolvido e por ser um dos mais prestigiantes embaixadores itinerantes da Póvoa de Varzim.

Atualmente conta com cerca de 60 executantes com uma média de idades a rondar os 22 anos, formados ou em formação na Escola de Música da Banda e na Escola de Música da Póvoa de Varzim, garantindo assim uma qualidade que lhe permite ombrear com as mais qualificadas Bandas do país.

Tendo já passado por alguns maestros desde o início da sua história, atualmente este papel é desempenhado por Paulo Veiga.

Uma das preocupações mais importantes desta Banda é ser constituída unicamente por músicos da terra, o que não anda muito longe da realidade. Assim sendo, uma das suas principais apostas é o incentivo dos mais novos para o ambiente sadio das bandas filarmónicas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *