Seia, Sociedade

Seia presta homenagem ao Padre Quelhas Bigotte

8542A Câmara Municipal de Seia, a Santa Casa da Misericórdia de Seia e o Centro Paroquial de Seia vão promover, no dia 26 de dezembro, uma homenagem ao Padre Quelhas Bigotte em memória ao sacerdote e homem que foi, relembrando o centenário do seu nascimento.

Do programa constam a realização de uma Conferência sobre a vida e obra de Quelhas Biggote, proferida por Fátima Bigotte, às 15h, no auditório da Casa Municipal da Cultura, a que se seguirá a abertura ao público da exposição das obras publicadas e espólio (jornais, revistas, livros e outros artigos) do Padre Quelhas Bigotte, patente no Espaço Museológico da Misericórdia de Seia. As comemorações encerram com a realização de uma Missa Solene na Igreja da Misericórdia, às 18h, celebrada pelo Bispo da Guarda, D. Manuel Felício.

Decorre neste ano de 2015, o 100º aniversário do nascimento do Padre Quelhas Bigotte e o 17º do seu falecimento. Quelhas Bigotte nasceu a 12 de junho de 1915, foi ordenado sacerdote a 12 de março de 1938 e em 14 de agosto assumiu a Paróquia de Seia, onde permaneceu durante 50 anos e viria a falecer no dia 26 de dezembro de 1997.

Mais do que um padre, é-lhe reconhecido o mérito enquanto cidadão, escritor, agente social, professor e intelectual, que Seia conheceu no Séc. XX, principalmente durante mais de meio século.

A sua obra social está patente no Centro Paroquial de Seia, instituição de solidariedade social. Licenciado em Direito Canónico, pela Universidade Pontifícia de Salamanca, doutorou-se na Universidade Gregoriana, em Roma, onde defendeu a tese “Situação Jurídica das Misericórdias Portuguesas”.

Enquanto escritor, deixou mais de uma de uma dúzia de obras sobre variados assuntos e temas, de onde se destacam “O culto a Nossa Senhora na Diocese da Guarda”, 1948; “A Voz de Roma na Questão Social”, 2 Vol., 1953, bem como em três edições de monografias sobre Seia, sendo a última a “Monografia da Cidade e Concelho de Seia” – 1992.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *