Lamego, Sociedade

Lamego cria novo albergue e melhora sinalética no Caminho Português de Santiago

Caminho_SantiagoLAMEGO2015Escondido entre os socalcos do Douro Vinhateiro, uma das paisagens mais belas do mundo eleita pela UNESCO Património da Humanidade, o troço que atravessa o concelho de Lamego do Caminho Português Interior de Santiago passou recentemente a oferecer melhores condições aos peregrinos. A criação de um albergue na pequena localidade de Bigorne para os caminheiros pernoitarem e recuperarem as suas forças e o reforço da sinalética ao longo de 29 quilómetros são as principais benfeitorias que a Câmara Municipal de Lamego introduziu neste itinerário espiritual e cultural cada vez mais procurado.

O Caminho Português Interior de Santiago tem como missão dar a conhecer o antigo caminho medieval que existira no Interior do país, “contribuindo para a preservação e salvaguarda da memória histórica e cultural da tradição das peregrinações portuguesas a Santiago de Compostela”. Sobretudo de cariz rural, este percurso atravessa em Lamego a União de Freguesias de Bigorne, Magueija e Pretarouca, Penude, Vila Nova Souto D´el Rei, Lamego, Sande, Cambres e Valdigem. Durante a sua peregrinação, é possível admirar um património histórico e arquitetónico de importância ímpar e calcorrear ruas e ruelas onde as pedras da calçada, gastas pelo tempo e pelas gentes, narram uma história ancestral. As melhorias que a autarquia agora concretizou pretendem ir ao encontro das reais expetativas dos peregrinos e da relevância turística e religiosa crescente que o Caminho Português Interior de Santiago tem alcançado. Neste contexto, as juntas de freguesia são um importante parceiro no processo de valorização da oferta dos serviços de apoio e na limpeza e manutenção do percurso. “Embora tenha feito inúmeras voltas, algumas vezes por becos e ruelas, a marcação neste trecho está perfeita e não me perdi em nenhum momento”, relata um peregrino sobre o troço de Lamego.

O Caminho Português Interior de Santiago estende-se por 205 quilómetros e atravessa os municípios de Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves.

Para os interessados em pernoitar em Bigorne, no “Albergue Cantinho da Serra”, na Rua João Paulo II, nº 125, os contactos são os seguintes:cantinhodaserrabigorne@hotmail.com e 254689284/ 934034685.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. Bom dia,
    Eu sou um peregrino em 20 de setembro começou a partir de Coimbra em direcção Santiago, com a intenção de seguir o caminho Interior Português. Referindo-se a este o seu artigo alguns dias mais tarde I chamado com antecedência para reservar o albergue de Bigorne. Talvez seria melhor para você ir ver que tipo de arranjo prevê o único peregrino que tem a má sorte acontecer.
    Uma rede antiga de um leito móvel que não pode ficar em um horizontal, colchão de ar, se você precisa de uma necessidade corporal é apenas o jardim do lado de fora, a sujeira acumulada daqueles que não muito limpo. Eu sou um peregrino e eu adaptar-se a muitos “condições” de emergência, mas se na Itália que recebeu desta forma um desses migrantes pobres que chegam em nossas costas haveria um levante popular. Eu estava chateado com esse tipo de recepção, para mim, era como um insulto: embora não me pediu uma figura em dinheiro, mas apenas um presente, eu gostaria de saber o que ele diria se esta senhora tinha a sua, ou sua filha, para meus próprios termos.

    Para o dever de honestidade, devo dizer que o jantar que serviu a senhora foi excelente, na verdade, o dinheiro que me resta me eram apenas isso.

    Obrigado pela sua atenção e melhores cumprimentos

    Dr Angelo Monteverdi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *