Montijo, Turismo

Cooperativa de Pegões no Montijo recebe medalhas

premios coop pegoes (1)A qualidade e a excelência da Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões estiveram em evidência na cerimónia de entrega dos prémios do XIV Concurso Internacional La Selezione del Sindaco que decorreu no dia 1 de dezembro, no Museu Agrícola da Atalaia (Montijo).

Pelas mãos do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, e do secretário-geral da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, José Arruda, foram entregues as 14 medalhas (2 grandes medalhas de ouro, 9 medalhas de ouro e 3 medalhas de prata) obtidas pela Cooperativa de Pegões neste prestigioso concurso vínico. Aliás, a Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões foi a cooperativa de vinhos com mais medalhas em todo o concurso e o mais medalhado de todos os produtores portugueses.

Nuno Canta expressou o seu orgulho nesta “instituição maior do nosso património empresarial. Ao acolher esta cerimónia não cumprimos apenas um ato formal de reconhecimento dos vinhos de Pegões, reconhecemos igualmente o vosso trabalho para que a Cooperativa de Pegões continue a ser uma instituição do Montijo que consegue unir a tradição com a inovação, a cultura e a economia, o passado e o futuro”.

Mário Figueiredo, presidente da Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões, recordou a história e a evolução da instituição: “desde a nossa fundação em 1958 até hoje temos conseguido crescer. Atualmente produzimos 12 milhões de garrafas de vinho por ano. Penso que estamos no caminho certo. Estes prémios só se conseguem com o trabalho da nossa equipa de técnicos e com o esforço dos vitivinicultores”.

José Arruda, secretário-geral da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, classificou o resultado da Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões como “fabuloso”, ressalvando a importância do trabalho em rede entre produtores e municípios que “têm um papel importante na divulgação do mundo rural e da economia local”.

A décima quarta edição da Selezione del Sindaco decorreu no passado mês de maio em Oeiras. Este concurso enológico internacional, promovido pela Associação Italiana de Cidades do Vinho e pela Rede Europeia das Cidades do Vinho, é uma competição que envolve a participação conjunta de produtores de vinho e do município de proveniência das suas produções, com o objetivo de promover os produtores vinícolas e os territórios que produzem vinhos de qualidade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *