Seia, Turismo

Abrigo da Montanha reabre como hotel rural & spa de 4 estrelas em Seia

DSC_0067O Hotel Abrigo da Montanha, empreendimento turístico localizado na aldeia do Sabugueiro, reabriu ao público como hotel rural & spa de 4 estrelas, após um encerramento por um período de 24 meses em que foi alvo de uma profunda remodelação.

O novo hotel representa um investimento direto de cerca de 2,9 milhões de euros e foi inaugurado no dia 27 de novembro, cerimónia que contou com a presença do Presidente da Turismo do Centro, Pedro Machado, e do Presidente da Câmara Municipal de Seia, que na ocasião enalteceu o dinamismo e a coragem do empresário pela aposta neste empreendimento, um importante equipamento que vem ampliar e qualificar a oferta no concelho e na serra da Estrela.

Sediar um hotel de luxo, naquela que é uma das mais emblemáticas aldeias da serra da Estrela, o Sabugueiro, é uma ambição antiga dos proprietários, Ricardo Cabral, natural da aldeia, e Irene Cabral, há muito rendidos aos encantos do local. Porém, a decisão de avançar com o plano apenas ganhou forma após definição do conceito subjacente ao projeto, tendo, desde o início, ficado assente a intenção de posicionar o hotel como um ator principal no sector turístico a nível regional.

O Hotel está direcionado a diferentes segmentos de mercado, procurando satisfazer sobretudo as famílias e os praticantes de turismo de natureza e de desportos de inverno. Não obstante de se criar um ambiente em que o hóspede se sinta em casa, a montanha foi o elemento unificador da intervenção, procurando-se levar para dentro de portas a identidade e os valores da serra da Estrela.

O novo Abrigo da Montanha possui 21 quartos, dos quais 6 são suites, e está servido por um restaurante de cozinha fina, ambicionando providenciar o melhor da tradição regional em hospitalidade e gastronomia.

O Spa está equipado com piscina, sauna, banho turco, chuveiro americano e cabine de hidromassagens e oferece uma vista soberba sobre as encostas da serra e o vale do rio Alva.

Num jardim interior, localizado no restaurante, os tomilhos e as mentas sugerem os aromas dos campos serranos. Na decoração, um conjunto de trabalhos em burel, produzidos localmente, e tapetes de Beiriz, de que se destaca uma belíssima peça onde se representam as serras de Portugal, são aspetos que evidenciam a aposta, dos proprietários, na diferenciação e inovação do design do hotel. Nas salas, fotografias de grande formato, revelam ainda as tradições locais e a beleza da serra nas quatro estações do ano.

Em suma, as referências à serra da Estrela, a atenção aos pormenores e o cuidado colocado no design de interiores traduzem a ligação do projeto ao espaço natural envolvente e são um convite à descoberta desta grande montanha.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *